Matosinhos, Sociedade

Comemorações do Dia do Pescador – Matosinhos

Dia 31 de Maio, pelas 10.30 horas, o Salão Nobre dos Paços do Concelho recebeu as comemorações do Dia do Pescador. Uma data de grande significado para o concelho, inserida no programa das Festas do Senhor de Matosinhos, que contou com a presença do Presidente da Câmara, Dr. Guilherme Pinto, e do Vereador da Cultura, Fernando Rocha.

A sessão de boas vindas e a exibição do filme “Senhor Deus dos Desgraçados”, de Marcos Lourenço, marcaram o início de uma manhã de grande emoção em torno da actividade piscatória.

Refira-se que esta actividade tem constituído, desde há séculos, parte integrante da matriz produtiva do País. Exercida, tantas vezes, em circunstâncias extremamente dolorosas, levou milhares de vidas, páginas e páginas de um historial de tragédias. Mas, ao mesmo tempo, alimentou e suportou vastas comunidades.

Em Matosinhos, a sua importância estende-se na História, tendo lançado raízes profundas na nossa cultura e estrutura social.
Hoje, Matosinhos, contínua a ser um concelho fortemente influenciado pela omnipresença do mar. É uma verdade que o peso das actividades económicas ligadas á pesca diminuiu drasticamente, mas isso deve-se, essencialmente, a factores exógenos, designadamente a restrições impostas pela União Europeia.

De qualquer forma, é inquestionável que, em termos de imaginário colectivo e de enquadramento paisagístico, o mar é o elemento mais marcante das vivências quotidianas da nossa terra.

Depois da exibição do filme “O Senhor Deus dos Desgraçados”, decorreu uma homenagem, a título póstumo, ao Mestre Caravela (José Vicente da Cunha) com notas apresentadas por Joaquim Queirós, e a Maria Emília Fernandes Figueiredo, viúva de Manuel Sá Pereira.

Posteriormente, procedeu-se à apresentação do livro “Entre Petingas e Migalhas”, que reúne o conteúdo de mais um ano de edição do boletim “A Maré”. Esta comemoração terminou com a actuação do Grupo Coral da Casa dos Pescadores.
Na cerimónia, marcaram presença o Presidente da Junta de Freguesia de Matosinhos, António Parada, e o Presidente da Direcção da Napesmat, Josué Tato.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *