Matosinhos, Sociedade

Dia Municipal do Bombeiro em Matosinhos

Comemorou-se no dia 24 de Maio o Dia Municipal do Bombeiro, uma iniciativa da Câmara de Matosinhos inserida no Programa das Festas do Senhor de Matosinhos e que decorreu junto ao Edifício dos Paços do Concelho.

A cerimónia começou com um desfile de fanfarras e a formatura de corpo dos Bombeiros Voluntários, bem como a revista às forças em parada pelo Presidente da Câmara, Dr. Guilherme Pinto, e pelo Comandante das respectivas forças.

Seguiu-se um momento de solenidade e de homenagem a quatro bombeiros, mas também a todos os homens e mulheres que diariamente se empenham numa “luta pela paz”.

Assim, e tendo em conta o trabalho desempenhado com grande coragem, abnegação e altruísmo foi concedida Medalha de Altruísmo de Bronze do Município ao Chefe Mário da Cruz Santos, nascido em Leça da Palmeira em 1955, com mais de 33 anos de carreira, contando com diversas distinções honoríficas e louvores. Enquanto formador na área de Socorros a Náufragos, Incêndios, Busca e Salvamento, formou várias escolas de Bombeiros no concelho de Matosinhos. Chefiou grupos de combate a incêndios na Petrogal em 1992, 1996, 2004 e 2007, e na Jomar entre 1999 e 2001, entre muitas outras missões. O Chefe Mário da Cruz Santos, continua a sua carreira como Operacional com entusiasmo, altruísmo, dedicação e disponibilidade.

A Medalha de Altruísmo de Bronze do Município foi, também, atribuída ao Adjunto de Comando, Fernando Alves Afonso, nascido em 1948, em Leça da Palmeira. Fernando Alves Afonso, ingressou aos 18 anos nos Bombeiros. Ao longo dos seus 34 anos de serviço, recebeu diversas distinções honoríficas e louvores. Passou ao Quadro de Honra em 19 de Fevereiro de 2002, culminando uma carreira que contou com serviço como formador na área de ordem unida e incêndios, em várias escolas de Bombeiros. Várias vezes desempenhou funções de Comandante Interino.

Para além destes, foi ainda homenageado o Ajudante de Comando Joaquim Fernandes da Silva Neves com a Medalha de Altruísmo Prateada do Município. Agora com 93 anos, é o Ancião Bombeiro mais velho de Portugal. Formou e instruiu os Corpos de Bombeiros de Vila do Conde, Aguda, Portuenses e outras congéneres no âmbito de Socorros a Náufragos. A longa e irrepreensível carreira de Joaquim Fernandes da Silva Neves contribuiu para o reconhecimento do seu mérito, tendo-se tornado num exemplo a nível nacional, respeitado e reconhecido como mestre na arte de Socorros a Náufragos pelo ISN.

Para finalizar, foi homenageado o Sr. Carlos da Costa Oliveira com a Medalha de Altruísmo Dourada do Município: Tendo desempenhado funções de Comandante do quadro de honra da Associação Humanitária de Matosinhos e Leça da Palmeira foi, também, o Fundador da Fanfarra da Associação Humanitária de Matosinhos e Leça da Palmeira e o Director da Federação dos Bombeiros do Distrito do Porto (Pelouro de Museus e Filatelia).

Esta atribuição teve como objectivo o reconhecimento dos bons serviços prestados à comunidade de Matosinhos na vertente de Comandante e membro da corporação de bombeiros de Matosinhos-Leça, bem como na qualidade de empresário benemérito.

As comemorações do Dia Municipal do Bombeiro incluíram, ainda, a assinatura de protocolos com quatro Associações Humanitárias de Bombeiros, de Leça da Palmeira, de Leça do Balio, de Leixões e de São Mamede de Infesta.

Na tribuna, com o Presidente da Câmara, e entre as diversas entidades convidadas, estiveram a Vereadora da Protecção Civil, Dra. Joana Felício, o representante da Autoridade Nacional da Protecção Civil, Dr. Artur Teixeira e o Comandante Rogério Seabra, em representação das Corporações.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *