Arouca, Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Oliveira de Azeméis, Porto, Póvoa de Varzim, S. João da Madeira, Santa Maria da Feira, Santo Tirso, Sociedade, Trofa, Vale de Cambra, Valongo, Vila do Conde, Vila Nova de Gaia

Mais de 300 candidaturas aos Prémios Talento 2008

Mais de 300 portugueses no estrangeiro candidataram-se este ano aos Prémios Talento, que têm no júri nomes como António Vitorino ou Siza Vieira, e cuja gala volta a ser transmitida pela RTP.

«O Governo instituiu este Prémio não só para distinguir os portugueses que anualmente se destacam no estrangeiro, mas também para que em Portugal a sociedade tenha uma noção mais correcta da dimensão da nossa diáspora», disse à agência Lusa o secretário de Estado das Comunidades.

Para António Braga, trata-se de uma homenagem aos «portugueses modelo para com os quais Portugal tem uma dívida do reconhecimento».

As mais de 300 candidaturas, o dobro das que foram apresentadas no ano passado, estão a ser avaliadas pelo júri que escolherá três finalistas por cada uma das doze categorias a concurso.

Apenas um deles será distinguido na Gala dos Talentos.

A decorrer pelo terceiro ano, os Prémios Talento 2008 pretendem distinguir portugueses e luso-descendentes residentes no estrangeiro que se notabilizaram durante o ano nos sectores das Artes do Espectáculo (cinema, teatro, música e interpretação), Artes Visuais, Associativismo, Ciência, Comunicação Social, Desporto, Divulgação da Língua Portuguesa, Meio Empresarial, Humanidades, Literatura, Política e Profissões Liberais.

Entre os elementos do júri estão a escritora Rita Ferro, os políticos António Vitorino e Marcelo Rebelo de Sousa, os músicos Camané e Pedro Brumester, o bastonário da Ordem dos Advogados, António Marinho e Pinto e o arquitecto Siza Vieira.

O jornalista David Borges, o empresário Joe Berardo, e a ex-atleta Rosa Mota são outros elementos do júri.

A gala dos Prémios Talento decorre a 26 de Junho, no Convento do Beato, em Lisboa, e será transmitida em directo pela RTP, RTP Internacional e RTP África.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *