Oliveira de Azeméis, Sociedade

«Mercado à Moda Antiga» regressa ao centro de Oliveira de Azeméis

A 13ª edição do «Mercado à Moda Antiga» de Oliveira de Azeméis vai realizar-se nos próximos sábado e domingo, nas ruas centrais da cidade. Está previsto o envolvimeno de 46 associações culturais, recreativas, desportivas e educativas do Município.

O evento é uma organização da secção cultural do Grupo Recreativo, Associativo e Cultural de Cidacos (GRACC), que conta com o apoio da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméise e da UAC – Unidade de Acompanhamento do Comércio Local.

A abertura está marcada para as 15:00 de sábado, decorrendo até às 23.00. No dia seguinte, vai decorrer das 11:00 às 20:00.

O Mercado à Moda Antiga recria os usos e costumes do final do século XIX/início do século XX, integrando colectividades das 19 freguesias do município de Oliveira de Azeméis.

«Este ano, temos algums novidades no programa, nomeadamente a nível de animação e de teatro de rua e também temos um número maior de associações», informou Nélson Costa, do GRACC.

O responsável pela organização referiu que o Mercado será integrado por «cerca de 70 tendas» – nas quais serão vendidos produtos agrícolas e artesanato – e contará «com cerca de três dezenas de artesãos.

O sábado será, marcado, em termos de animação, pelas actuações de vários grupos.

O «Danças com história» vai «recriar as danças palacianas» do final do século XIX/início do século XX.

O Grupo «Bardoada» assumirá a animação de rua e as «Três Marias» irão apresentar o seu projecto musical, mesclado de tango, flamengo, bolero, bossa, jazz e tango-canção.

O «Teatro de rua» será atracção-forte no domingo. Está prometido «teatro de itinerância, com uma riqueza de sons e cores, que vai contagiar miúdos e graúdos».

Os «Jogos tradicionais para pais e filhos, avós e netos» vão realizar-se na Rua António Alegria.

As «Danças e cantares tradicionais de Oliveira de Azeméis» passarão pelos dois palcos durante os dois dias do certame e os artesãos vão trabalhar «ao vivo» na Rua Bento Carqueja.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *