Educação, S. João da Madeira

Primeira pedra de nova escola em S. João da Madeira

A ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues, preside este sábado ao lançamento da primeira pedra da nova escola destinada ao ensino básico e secundário, cerimónia enquadrada no 25º aniversário da elevação de S. João da Madeira à categoria de cidade, anunciou fonte da autarquia.

O futuro estabelecimento, que representará um investimento de 6,8 milhões de euros, ficará preparado para receber alunos do 2º e 3º ciclo e secundário, sendo que caberá ao Ministério da Educação fazer a distribuição das turmas e ciclos de ensino entre as diferentes escolas do concelho de S. João da Madeira em função da edificação desta nova escola.

O projecto do equipamento escolar – a localizar na zona do Parrinho/Mourisca – não se enquadra na tipologia habitual do Ministério da Educação. Uma das suas particularidades será a criação de gabinetes para os professores, de forma a que estes possam ter o seu espaço de trabalho individual.

«Vai ser uma escola com muito boas condições, de grande qualidade. Tenho mesmo a convicção que deverá ser o melhor edifício escolar do país para os ensinos básico e secundário», disse o presidente da autarquia, Castro Almeida.

O custo da obra é financiado a 70 por cento pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), sendo os restantes 30 por cento suportados, em partes iguais, pelo Ministério da Educação e pelo município.

«Com a construção desta escola, nós ficamos com espaço escolar suficiente e com mais qualidade», acrescentou o autarca, antigo secretário de Estado da Educação e Desporto.

O parque escolar público de S. João da Madeira engloba nove jardins-de-infância, nove escolas do primeiro ciclo, três «secundárias» e uma dirigida ao ensino básico e secundário.

O concelho tem uma população escolar constituída por cerca de 5.000 alunos que frequentam o ensino público.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *