Arouca, Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Oliveira de Azeméis, Porto, Póvoa de Varzim, S. João da Madeira, Santa Maria da Feira, Santo Tirso, Trofa, Turismo, Vale de Cambra, Valongo, Vila do Conde, Vila Nova de Gaia

Associação Nacional Entidades Regionais de Turismo será “parceiro colaborante” na definição das políticas do sector – Melchior Moreira

A futura Associação Nacional das Entidades de Turismo (ANET), em fase de criação, será «um parceiro colaborante» na definição das políticas do sector, defendeu hoje o presidente Entidade Regional do Turismo do Porto e Norte de Portugal.

Em declarações à Agência Lusa, Melchior Moreira disse que a nova estrutura terá o papel de «interlocutor junto do Governo e da Associação Nacional de Municípios Portugueses» na discussão dos planos estratégicos para o turismo no país.

«Na filosofia das novas áreas regionais, é importante haver uma associação que defina, assuma e defenda o papel do turismo interno», sublinhou.

O presidente Entidade Regional do Turismo do Porto e Norte de Portugal falava à margem do Fórum Turismo, a decorrer hoje em Vale de Cambra, numa iniciativa da autarquia local.

«Estamos empenhados em criar a ANET, uma “espécie” de voz de todas as áreas regionais para que possa dar um contributo preciso num conjunto de políticas na área da promoção turística – em termos nacionais e internacionais – e que seja um parceiro colaborante e efectivo na definição das políticas estratégicas para o sector», acrescentou Melchior Moreira.

Os responsáveis pelas cinco entidades regionais de turismo e seis pólos (que correspondem a territórios mais pequenos) reuniram-se quarta-feira no Palácio de Estói, no Algarve, com o objectivo de organizar os estatutos da futura associação.

A antiga Associação Nacional de Regiões de Turismo (ANRET) foi extinta pouco depois de, em Dezembro de 2007, o Conselho de Ministros aprovar o diploma que reduzia de 19 para cinco as regiões de turismo em Portugal.

As cinco entidades regionais de turismo coincidem com as actuais regiões administrativas: Porto e Norte, Centro, Lisboa e Vale do Tejo, Alentejo e Algarve.

A estas juntam-se seis pólos, que gerem territórios mais pequenos: as regiões do Alqueva, Litoral Alentejano, Região Oeste, Douro, Serra da Estrela e Leiria-Fátima.

Os presidentes das Entidades Regionais querem agora criar uma nova associação e pensam terminar a elaboração dos estatutos durante a próxima reunião, agendada para dia 27 de Abril em Fátima.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *