Cultura, Póvoa de Varzim

“SEDE” no Dia Mundial do Teatro – P. Varzim

O Varazim Teatro comemora o Dia Mundial do Teatro com a estreia da peça “SEDE”, a 27 de Março.

Com início marcado para as 22h00,a peça será encenada no Espaço d’Mente do Varazim Teatro, no nº 20 da Rua da Fortaleza, com repetições nos dias 28 de Março, 16, 17 e 18 de Abril.

O espectáculo está também inserido no programa comemorativo do Dia Mundial da Saúde, que arrancou em Abril de 2008 e termina no próximo mês, organizado pela Câmara Municipal em parceria com a Delegação de Saúde da Póvoa de Varzim. “SEDE – momentos em torno da essencialidade” procura debater e provocar a reflexão para um problema mundial que é a crescente falta de água potável. Numa sociedade cada vez mais fútil e superficial, o espectáculo procura, a partir do elemento água, um bem essencial, propor a reflexão sobre a nossa atitude e respeito para com aquilo que verdadeiramente necessitamos.

Percorrendo quatro histórias, ilustradoras da qualidade do elemento água e da sua importância em relação à quantidade, o espectador ver-se-á envolvido na teia das histórias, podendo matar a Sede, apenas enquanto houver água.

Para além do espectáculo será realizado um concurso para alunos do 2º e 3º ciclo do ensino básico, com vista a apresentação de trabalhos que reflictam os conceitos apresentados no espectáculo. O Varazim Teatro fez ainda um convite público a artistas plásticos, convidando-os a expor os seus “momentos de SEDE” em vários espaços da cidade. Esses espaços não vão ser divulgados pois, na opinião do Varazim Teatro, o objectivo é surpreender as pessoas.

Concebido e interpretado por Joana Soares, do Varazim Teatro, com direcção de actor por Eduardo Faria, “SEDE” tem música original de Rui Alves Leitão, Neusa Fangueiro na Voz Essência, desenho de luz de Eduardo Faria e Guilherme Novo, cenário e figurinos de Joana Soares e Maria Maio.

Os interessados podem adquirir os bilhetes uma hora antes, no local do espectáculo, de acordo com o seguinte preçário: cinco euros o bilhete normal; 3,75 euros o bilhete para menores de 25 ou maiores de 65 anos, estudantes, reformados, desempregados, portadores de deficiência e ainda grupos de mais de 8 pessoas; 2,50 euros para sócios do Varazim Teatro. Crianças até aos 12 anos não pagam.

Artigo AnteriorPróximo Artigo