Santo Tirso, Sociedade

Camélias “invadem” Museu Municipal Abade Pedrosa – Santo Tirso

O Museu Municipal Abade Pedrosa vai encher-se de camélias durante o próximo fim-de-semana (dias 14, 15 e 16) pois foi o local escolhido pela Câmara Municipal para receber a VIII Expocamélia Santo Tirso 2009. O evento tem um duplo objectivo; promover a CAMÉLIA, enquanto elemento integrante do património local, e incentivar a promoção cultural e turística do concelho. A edição deste ano conta com uma novidade: está integrada no programa «A Poesia está na rua».

Sophia de Mello Brener dizia que as camélias são “vagas, sonhadoras, distantes e pouco mundanas”, mas podem orgulhar-se de não terem perfume, “pois entre as flores, não ter perfume é uma grande originalidade”, dizia a escritora portuguesa. Exactamente para valorizar a camélia como património cultural a reconhecer e proteger, a Câmara Municipal de Santo Tirso tem vindo a organizar um certame dedicado a esta flor, onde a «Melhor Camélia de Origem Portuguesa» é premiada.

A VIII Expocamélia decorre no Museu Municipal Abade Pedrosa, numa iniciativa que tem vindo a crescer de ano para ano, em termos de visitantes. Mas a edição deste ano conta com uma novidade. Durante os últimos dois dias, domingo de tarde e segunda-feira todo o dia, «fiando com pétalas, a beleza das camélias vai ser embrulhada em versos». É mais uma acção integrada no programa «Poesia está na rua», na qual as camélias vão andar de mãos dadas com a poesia.

A Expocamélia decorre entre as 14h00 e as 18h00 de sábado e domingo, e entre as 09h00 e as 17h00 de segunda-feira. A entrada é livre.

Artigo AnteriorPróximo Artigo