Cultura, Santo Tirso

Sons da guitarra voltam a Santo Tirso em iniciativa de reconhecimento internacional

“Durante o mês de Maio, vamos voltar a ter os sons da guitarra presentes em Santo Tirso.” Referiu a Vereadora da Cultura, Júlia Moinhos, na sessão de apresentação do programa do XVI Festival Internacional de Guitarra de Santo Tirso (FIGST) que decorreu hoje de manhã, no Salão Nobre.  

Para Castro Fernandes, o presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso a verdade é que, “apesar da crise, a Câmara Municipal de Santo Tirso teima na realização deste festival” já que o evento permite trazer a Santo Tirso, uma cidade de média dimensão, “criadores e executantes da guitarra de nível mundial”, ajudando a assegurar e a perpetuar “a qualidade artística do festival”. Por isso, é que “cada edição realizada” representa “uma meta atingida, uma aposta ganha”, concluiu.  

Portugal, Austrália, Itália, Áustria, Uruguai, Polónia e Brasil são os países que estarão representados nesta XVI edição do Festival Internacional de Guitarra de Santo Tirso. Perante a programação e a qualidade dos concertos e respectivos artistas, Júlia Moinhos reforça que “este ano não vai ser excepção”. Alexandre Reis, director da ARTAVE (responsável pela escolha artística do certame), referiu que o Festival “privilegia a qualidade musical, mesmo passando por questões difíceis como a crise orçamental”. A conclusão, no entanto, é unânime. “Independentemente do orçamento disponível, o Festival de Guitarra continuará a ser um festival de excelência”, salienta.  

Este XVI FIGST prima pela “preocupação em focalizar nos solistas”, explica Alexandre Reis. Assim, a atenção estará centrada essencialmente na guitarra a solo. Tommy Emmanuel (Austrália), o duo português Pourquoi Pás, Aniello Desiderio (Itália), Bob Zabek (Áustria), Álvaro Pierri (Uruguai), Adam Fulara (Polónia) e Sérgio & Odair Assad (Brasil) preenchem o rol de artistas que integram a programação deste ano do Festival Internacional de Guitarra de Santo Tirso. O concerto de abertura é no sábado, dia 19 de Maio, às 21h45, no Auditório Padre António Vieira. Durante cerca de um mês, e até ao dia 30 de Maio, Santo Tirso vai ser o palco das melhores notas e interpretações de guitarra. Para além dos concertos, um curso (dia 15 de Maio) e um workshop (dia 29 de Maio) preenchem este programa artístico. 

Este ano, o Festival de Guitarra tem uma nova componente didáctica e pedagógica. Para além do curso e do workshop, irá decorrer uma incursão pelas escolas permitindo que os alunos, crianças e adolescentes, se iniciem no mundo da música e possam estabelecer contacto com a guitarra. 

Toda a informação sobre o programa, concertos e artistas participantes está disponível no site www.festivaldeguitarra.org.  

Este evento cultural é organizado anualmente, há 16 anos, pela Câmara Municipal de Santo Tirso e conta com a participação de alguns dos mais conceituados artistas internacionais. Ciente da importância cultural a nível nacional desta iniciativa, o autarca, Castro Fernandes, defende que as dificuldades económicas não podem travar a organização deste evento cujo objectivo é a contínua aposta na excelência dos artistas. Esta apresentação pública incluiu não só a apresentação do programa integral do Festival de Guitarra, mas também de todos os artistas participantes, bem como um breve trecho musical de cada um. 

O Festival Internacional de Guitarra teve início em Santo Tirso, no ano de 1994 e, desde então, tem sido realizado anualmente pela Câmara Municipal de Santo Tirso, com o apoio da ARTAVE. São 16 anos dedicados a um encontro de cultura e arte que reúne alguns dos melhores artistas internacionais. 
 

Programa: 

09 de Maio (Sábado) 

Concerto de Abertura – Tommy Emmanuel (Austrália)

Auditório Pe. António Vieira – ARTAVE/21h45 

15 de Maio (Sexta-feira)

Duo Pourquoi Pás (Portugal)

Auditório da Biblioteca Municipal/21h30 

16 de Maio (Sábado)

Aniello Desiderio (Itália)

Auditório da Biblioteca Municipal/21h30 

22 de Maio (Sexta-feira)

Bob Zabek (Áustria)

Auditório Eng.º Eurico de M elo/21h30 

23 de Maio (Sábado)

Álvaro Pierri (Uruguai)

Centro Cultural de Vila das Aves/21h30 

29 de Maio (Sexta-feira)

Adam Fulara (Polónia)

Auditório Pe. António Vieira – ARTAVE/21h30 

30 de Maio (Sábado)

Concerto de Encerramento – Sérgio & Odair Assad (Brasil)

Auditório Eng.º Eurico de Melo/21h30 

Curso

15 de Maio – Museu Municipal Abade Pedrosa / 10h00 – 13h00

Aniello Desiderio (Itália) 

Workshop

29 de Maio – Museu Municipal Abade Pedrosa / 10h00 – 13h00

Adam Fulara (Polónia) 

Artigo AnteriorPróximo Artigo