Cultura, Póvoa de Varzim

Correntes d’Escritas em Lisboa nos dias 17 e 18 – P. Varzim

No âmbito do programa paralelo do Correntes d’Escritas, decorrem, nos dias 17 e 18, duas mesas de debate em Lisboa, às 18h30.

A primeira, no dia 17, tem lugar no Instituto Cervantes, que já em anos anteriores recebeu esta extensão do Encontro. Este ano, a mesa de debate tem como tema “Cada Homem é uma Língua”, sendo que participam os espanhóis Antonio Garrido, Ignacio del Valle e José Manuel Fajardo e os portugueses Casimiro de Brito e Dulce Maria Cardoso. Vergílio Alberto Vieira é o moderador do debate.

No dia 18 o Correntes d’Escritas visita, pela primeira vez, a Casa da América Latina, que alberga a mesa de debate “Apenas à literatura é dada esperança.” Nela participam o mexicano Antonio Sarabia, o colombiano Héctor Abad Faciolince, o brasileiro João Paulo Cuenca e o peruano Oscar Málaga Gallegos. A moderação cabe a Maria Armandina Maia.

Já em anos anteriores aconteceu esta extensão do Correntes d’Escritas a Lisboa, ainda que apenas no Instituto Cervantes, permitindo, assim, levar um pouco do Correntes d’Escritas até outros públicos, que não têm oportunidade de assistir ao Encontro na Póvoa de Varzim.

Em lisboa.cervantes.es e www.c-americalatina.pt pode ficar a saber mais sobre cada uma destas instituições que acolhem e apoiam o Correntes d’Escritas.r

Artigo AnteriorPróximo Artigo