Matosinhos, Sociedade

Salvamento Aquático na praia de Matosinhos

No dia 24 de Janeiro, um surfista em apuros na praia de Matosinhos foi salvo pela intervenção da Equipa de Salvamento Balnear que a autarquia tem em permanência durante todo o ano.

A ocorrência verificou-se no final da manhã de sábado, 24 de Janeiro, altura em que diversas pessoas que passeavam na praia e elementos da Polícia Municipal em patrulha na marginal detectaram o surfista em apuros no mar, frente à praia, junto ao Porto de Leixões.

O surfista em questão era um médico de 43 anos, habitual praticante de surf e com muita experiência, que tinha sido atirado pela força das ondas contra as rochas.

A tarefa era inglória, dado o estado do mar e a força das correntes, que cada vez mais afastavam o surfista da costa, pelo que foi chamada pelos elementos da Polícia Municipal a Equipa de Salvamento Balnear.

De acordo com palavras da Vereadora responsável pela Protecção Civil, Dra. Joana Felício, o surfista foi retirado com cordas da rocha onde o professor de surf o tinha deixado, enquanto auxiliava outro aluno. O surfista encontrava-se já exausto e em estado de grande ansiedade mas não necessitou de cuidados médicos. Há sempre dezenas de surfistas na praia durante todo o ano, disse a Vereadora, tendo sido este o principal motivo que levou a autarquia a criar estas equipas, devidamente equipadas, que no Verão são alargadas, mas que se mantêm em estado de prontidão no Inverno.

O Sistema de Salvamento Balnear (SSB) foi implementado em Matosinhos no Verão de 2008 como uma resposta à grande afluência às praias do concelho durante todo o ano, ainda que com o maior pico no mês de Agosto.

A Câmara fez, assim, uma clara aposta na segurança balnear e no apoio aos desportos e actividades relacionados com o mar, como pesca desportiva, mariscadores, surf, kytesurf, mergulho, pesca subaquática, pesca tradicional.

Em termos de meios humanos, o Sistema de Salvamento Balnear de Matosinhos possui uma equipa de nadadores-salvadores com formação profissional complementar – curso de técnico de salvamento aquático, carta de patrão de costa, suporte avançado de vida e curso de condução de meios de salvamento em mar – que desenvolvem uma assistência nas praias concessionadas e não concessionadas. São 6 técnicos articulados em três equipas durante 365 dias/ano.

No que concerne os materiais, estão ao dispor do Sistema de Salvamento Balnear uma central de comunicações rádio/telefónica; um posto de socorro a vítimas de afogamento; um posto médico avançado equipado com todo o material médico indispensável para a reanimação e estabilização dos doentes, antes do transporte ao hospital, a instalar na zona de Lavra ou Angeiras; duas embarcações: uma de alta velocidade e outra de intervenção rápida; duas Viaturas Pickup; duas Motas de água; duas Moto quatro; Torres de vigia.

O objectivo principal da autarquia é a dinamização, melhoramento e procura de melhores meios, equipamentos e parcerias que permitam ao Concelho ter padrões de segurança acima da média.

Esta é uma aposta que tem vindo a colher os seus frutos, facto agora comprovado com o salvamento de mais uma vida.

Artigo AnteriorPróximo Artigo