Santa Maria da Feira, Sociedade

Confraria da fogaça reforça quadros visando promoção da «rainha da Feira» – Sta. Maria da Feira

A Confraria da Fogaça (CF) da Feira vai entronizar novos confrades no próximo sábado, em cerimónia a decorrer no Castelo da Feira. Celestino Portela, membro da direcção da instituição, disse à EDV Informação que vão aderir «personalidades de relevo», a nível regional e até nacional, que poderão ajudar na luta pela promoção da Fogaça.

«A Confraria tem como principal missão defender e promover o produto Fogaça da Feira, a nível local e a nível nacional», sublinhou Celestino Portela.

Este confrade explicou que a CF tem trabalhado em parceria com o Agrupamento de Produtores Artesanais de Fogaça da Feira (APAFF) – do qual é presidente da Assembleia-Geral -, visando levar a bom termo um «processo de certificação da Fogaça».

Celestino Portela referiu que o processo de qualificação do fabrico implica o pleno envolvimento dos produtores e salientou que a CF não podia assumi-lo, por impedimento legal. Daí ter promovido a criação do APAFF.

«A constituição do Agrupamento foi o primeiro passo para o processo de certificação em curso», sublinhou Portela.

O responsável ainda realçou que aos confrades cabe a obrigação de publicitar «o mais longe possível a qualidade deste produto feirense». Assinalou, em especial, a importância de «separar o trigo do joio», dando relevo à verdadeira Fogaça da Feira, produzida com os métodos tradicionais de fabrico.

Celestino Portela também assinalou que a CF tem o hábito de participar em convívios com instituições similares, nos quais são promovidos diversos produtos portugueses ancestrais, nomeadamente gastronómicos.

Artigo AnteriorPróximo Artigo