Santa Maria da Feira, Sociedade

Instituições mostram projectos de intervenção social – Sta. Maria da Feira

A primeira edição do Mosaico Social – um encontro concelhio de boas práticas de intervenção social de Santa Maria da Feira – «vai colocar em destaque» os serviços e projectos existentes nesta área no município, afirmou Manuela Coelho, chefe de divisão da Acção Social da autarquia.

O Mosaico Social arranca esta sexta-feira com um seminário, mas tem o seu ponto alto no sábado com a abertura de uma mostra – englobando 63 «stands» de instituições que desenvolvem intervenção social no concelho e na região – na zona envolvente das piscinas municipais em Santa Maria da Feira.

«Temos uma rede social bastante forte, muito dinâmica, activa e, por isso, surgiu esta ideia de divulgarmos o trabalho feito», disse Manuela Coelho, em declarações à EDV Informação.

O encontro – a decorrer até à próxima terça-feira – pretende «divulgar os serviços e projectos, estimular o seu conhecimento junto da população e potenciar uma cultura de parceria aberta e eficaz, através do intercâmbio de experiências e metodologias de trabalho entre instituições».

«É extremamente interessante dar a conhecer toda esta riqueza que existe nos diversos níveis da área social», sublinhou.

Além do espaço de exposição, estão previstos seminários, «workshops» de formação, animação permanente, actividades de interacção com o público e uma loja social.

Instituições particulares de solidariedade social, empresas, associações, organizações não governamentais (ONG), entre outros agentes locais, participam na iniciativa.

O programa inclui ainda uma gala de atribuição do «Prémio Concelho Solidário» – homenageando pessoas ou entidades que tenham contribuído de forma significativa para o desenvolvimento local – e a apresentação do «Guia dos Recursos Concelhios» e o «Dicionário Social».

«Todo o trabalho que é feito neste concelho no âmbito social é enriquecido porque há uma cooperação estreita entre os diversos agentes e uma atenção muito forte perante problemas e dificuldades que as pessoas do concelho têm», acrescentou Manuela Coelho.

A Rede Social de Santa Maria da Feira tem actualmente 107 parceiros formais, dos quais 43 são Instituições Particulares de Solidariedade Social.

Artigo AnteriorPróximo Artigo