Arouca, Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Oliveira de Azeméis, Porto, Póvoa de Varzim, S. João da Madeira, Santa Maria da Feira, Santo Tirso, Sociedade, Trofa, Vale de Cambra, Valongo, Vila do Conde, Vila Nova de Gaia

Oito distritos do Norte e interior Centro continuam com estradas cortadas – protecção civil

Oito distritos do Norte e do interior Centro do país continuam com estradas fechadas ou condicionadas pela queda de neve e formação de gelo.

Os distritos de Castelo Branco, Guarda e Viseu eram, na manhã de hoje, os mais afectados da Região Centro pela neve e gelo, disse à agência Lusa fonte Centros Distritais de Operações de Socorro.

No distrito de Viseu, estão cortadas ao trânsito as Estradas Nacionais (EN) 2, entre Castro Daire e Lamego, a 321, entre Castro Daire e Cinfães, a 226, entre Lamego e Tarouca (e condicionada entre Sernancelhe e Tarouca).

Segundo o CDOS, estão ainda condicionadas a EN 22, entre Sernancelhe e Penedono, e parte da 225, entre Castro Daire e Vila Nova de Paiva.

Por outro lado, cerca das 10:30 de hoje reabriu a EN 228, que liga Fornelo do Monte (Vouzela) à Auto-estrada 25, na zona de Tondela.

Nos municípios de Resende, São Pedro do Sul, Sátão, Cinfães, Lamego e Tarouca existem várias estradas municipais encerradas ao trânsito, adiantou a mesma fonte.

Os acessos no maciço central da Serra da Estrela estão também fechados, nos distritos de Castelo Branco e Guarda, mantendo-se apenas transitável parte da EN 339, entre Piornos e a Covilhã.

Ainda no distrito de Castelo Branco, a EN 18, entre a rotunda das Donas e o cruzamento de Vale Prazeres, no concelho do Fundão, está igualmente cortada, o mesmo sucedendo com algumas estradas municipais, nomeadamente dentro da cidade da Covilhã.

Nos distritos de Coimbra e Leiria não há registo de estradas cortadas ou condicionadas, nem problemas causados pelas baixas temperaturas que assolam o país há vários dias.

De acordo com o site da Protecção Civil, em Braga continua cortada a comunicação entre Covide e Salamonde pela Estrada Nacional (EN) 304, entre Vilar Veiga e Portela Homem pela EN308-1, Tabuaças e Ruivães pela EN103; Chamoim e Covide pela EN307, Celorico da Beira e Mondim de Bastos pela EN213 e entre Cabeçeiras de Basto e Fafe pela EN311.

Estão ainda cortados os acessos municipais em Ruivães e entre Chorense e Monte de Santa Isabel, povoação de Terras de Bouro que chegou a estar isolada às 08:00 de hoje.

Em Viana do Castelo verificava-se, cerca do meio-dia, queda de neve na maioria dos concelhos do distrito e estavam cortadas a EN306, entre Paredes de Coura e Ponte de Lima, e a EN301, de Infalde a Padrouso, além de seis estradas condicionadas.

No distrito de Vila Real, está apenas cortada a estada Municipal (EM) 313, que liga Lamas de Olo e Mondim de Bastos, mas continuam condicionadas as ligações entre Vila Real e Chaves, quer pela A24 como pela EN2, o IP4 de Vila Real a Amarante e de Vila Real a Murça, a A7 entre Vila Pouca e Ribeira de Pena, além de várias estradas nacionais e municipais nas zonas de Boticas, Alto de Fontão, Ribeira de Pena, Vila Pouca de Aguiar; Murça, Carrazeda Montenegro, Alijó e Mondim de Bastos.

No Porto estão cortadas as ligações entre Amarante e Mesão Frio (EN101), Porto e Amarante (A4), Capelos e Amarante (IP4) e permanece condicionado o IC29 junto a Gondomar.

No distrito de Aveiro, continuam cortados todos os acessos à Serra da Freita, a EN 227 entre Arões e Junqueira e as municipais entre Arouca e Cabreiros e de Dornelas a Arestal.

Please follow and like us:
Artigo AnteriorPróximo Artigo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com