Arouca, Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Oliveira de Azeméis, Porto, Póvoa de Varzim, S. João da Madeira, Santa Maria da Feira, Santo Tirso, Sociedade, Trofa, Vale de Cambra, Valongo, Vila do Conde, Vila Nova de Gaia

GNR com patrulhamento reforçado e atenta ao consumo de álcool a partir das 00:00 de quarta-feira

A GNR vai, a partir das 00:00 de quarta-feira e nos próximos seis dias, reforçar o patrulhamento nas estradas, com a mobilização diária de 2.300 militares, 1.100 patrulhas e cerca de mil veículos.

O major Lourenço da Silva, da Brigada de Trânsito da GNR, explicou hoje à agência Lusa que nesta fase da Operação Natal/Ano Novo o perfil do período festivo e os destinos mais procurados são diferentes em relação à época de Natal.

«Muitas pessoas já regressaram aos grandes centros urbanos e agora vão fazer pequenas deslocações para junto dos locais de diversão, onde vão apenas celebrar a passagem do ano. Alia-se a isto uma deslocação mais intensa para sul, rumo ao Algarve», explicou.

Assim, nesta segunda fase da operação da GNR os militares destacados vão estar «particularmente atentos ao consumo de álcool e substâncias estupefacientes por parte dos condutores».

«O que procuramos agora, designadamente na madrugada do dia 01 de Janeiro, é, através da realização duma série de operações de controlo, por todo o país, fiscalizar a condução sob efeito do álcool e estupefacientes», afirmou Lourenço da Silva.

Segundo o militar, haverá «tolerância zero» para os condutores que sejam detectados com álcool no sangue acima do permitido por lei ou com estupefacientes.

«Infelizmente, nesta época é tradicional as pessoas consumirem muito álcool e estupefacientes e depois irem conduzir», frisou.

Apesar da particular atenção a estas duas áreas, os militares da GNR continuarão muito atentos ao excesso de velocidade, falta de uso do cinto de segurança e utilização indevida de telemóvel.

Artigo AnteriorPróximo Artigo