Cultura, S. João da Madeira, Sociedade

Maior presépio de areia em Portugal começou a ser esculpido – S. João da Madeira

Os quatros escultores envolvidos na reedição do maior presépio de areia em Portugal, com 300 toneladas e cinco metros de altura, acreditam que esta será “uma das mais relevantes” obras do género a nível europeu.

A trabalharem ainda na fase de modelação, Pedro Mira (Portugal), Marjon Katerberg (Holanda), Óscar Rodriguez (Espanha) e Gisele Prata Real (Brasil) encontram-se a esculpir as três cenas bíblicas que compõem o original presépio.

“Reunimos aqui quatro dos melhores escultores do mundo e vamos, com toda a certeza, fazer uma peça fantástica”, afirmou o director artístico do projecto, Pedro Mira.

O escultor português, que tem realizado obras em areia em diferentes pontos do mundo, disse que o grupo quer fazer deste presépio “um dos maiores e com mais qualidade da Europa”.

As esculturas, de cinco metros de altura, estão distribuídas por uma área de cerca de 150 metros quadrados na praça central da cidade de S. João da Madeira, no norte do distrito de Aveiro.

“Estamos certos de que a espectacularidade e a grandiosidade das esculturas fixarão a curiosidade das pessoas”, referiu Pedro Mira, adiantando esperar que durante o período de exposição “passem pelo local entre 20 a 30 mil visitantes”.

O presépio promovido pela autarquia de S. João da Madeira, a inaugurar dia 13 de Dezembro, é uma produção artística da empresa “Making Solutions”, com experiência nacional e internacional neste tipo de projectos.

Em paralelo ao processo de modelação e de exposição, será monitorizado, a partir da próxima terça-feira um ateliê de tempos livres e espaço de divertimento para crianças, que assim vão poder experimentar a arte de esculpir em areia.

“Toda a diversidade do Natal de São João da Madeira sai muito valorizada por esse elemento diferenciador em relação ao resto do país que é a construção do presépio gigante de areia”, disse o presidente da autarquia, Castro Almeida.

“A solução apresentada no ano passado registou um sucesso assinalável, mas acreditamos que será ainda maior este ano, dada a complexidade e dimensão da obra, que é formada pela representação de três cenas bíblicas em vez de apenas uma, como aconteceu em 2007”, acrescentou o autarca.

O presépio pode ser apreciado até ao próximo dia 06 de Janeiro.

Artigo AnteriorPróximo Artigo