Oliveira de Azeméis, Sociedade

Munícipes vão ter acesso online a toda a informação geográfica – Oliveira de Azeméos

Os munícipes de Oliveira de Azeméis vão ter acesso à visualização, via internet, dos instrumentos de gestão territorial, entre eles o Plano Director Municipal, e poder acompanhar a elaboração e discussão de novos planos como, por exemplo, o plano de urbanização da cidade.
A Câmara Municipal vai disponibilizar até ao final deste mês na internet um portal geográfico baseado no projecto “Siga-nos”, uma plataforma interna contendo informação relativa à cartografia, instrumentos de gestão territorial e infraestruturas.
O anúncio foi feito pelo vereador do Urbanismo, Ricardo Tavares, na abertura das comemorações da iniciativa “Gis Day 2008 – Dia Mundial dos Sistemas de Informação Geográfica (SIG) que reuniu na biblioteca municipal Ferreira de Castro quase uma centena de técnicos de câmaras municipais, universidades e empresas.
“Esta ferramenta (SIG) é indispensável para facilitar as relações entre o município e os munícipes”, afirmou Ricardo Tavares considerando este projecto “uma aposta na modernização, na simplificação em diversas áreas da informação” como as do urbanismo, planeamento e trânsito.
“Este é um veículo de excelência para informar, simplificar e tornar mais acessível o conhecimento”, acrescentou o vereador, anunciando a intenção de, até ao final do mês de Novembro o mesmo ser colocado “ao dispor de todos os oliveirenses”.
A autarquia pretende que toda a informação da plataforma, actualmente apenas a ser utilizada pelos departamentos técnicos, venha a ser usada por todos os sectores do município.
A informação – que permite a pesquisa de vários assuntos como toponímia, lugares, processos de obras particulares, cadastro e rede de apoio cartográfico – já estava anteriormente disponível na intranet mas o executivo decidiu ter chegado o momento de colocar essa ferramenta ao serviço dos cidadãos disponibilizando-a online.
O portal geográfico sofreu algumas adaptações ao nível do interface e da oferta de outros serviços como a emissão de plantas topográficas e a rede de apoio topográfico.
“Ao acedermos a ferramentas que nos permitem um maior detalhe de informação e rigor tomamos, seguramente melhores decisões”, referiu o presidente da autarquia no encerramento dos trabalhos.
Para Ápio Assunção o portal “muito irá beneficiar os munícipes na relação que em muitas matérias mantém connosco”.
O “Gis Day” é uma iniciativa promovida desde 1987 pela National Geographic Society (EUA) com o objectivo  de divulgar este tipo de ferramentas junto das escolas e comunidades científica e empresarial.

Artigo AnteriorPróximo Artigo