Economia, Oliveira de Azeméis

Cefamol dinamiza formação sobre diagnóstico e avaliação – Oliveira de Azeméis

A Associação Nacional da Indústria de Moldes (Cefamol) quer as empresas do sector operacionalizadas com as metodologias de diagnóstico e avaliação ao nível da formação, refere fonte da instituição.

“Compreender o processo formativo enquanto processo cíclico” é um dos objectivos da acção “Diagnóstico e avaliação da formação”, a decorrer nos próximos dias 26 e 27 nas instalações da Cefamol, na Marinha Grande.

“Revestida de um carácter muito prático, pretende-se com esta iniciativa que os participantes tenham acesso a ferramentas que lhes permitam construir e operacionalizar metodologias e instrumentos de diagnóstico e avaliação, permitindo, desta forma, conceber objectivos pedagógicos e definir indicadores de impacto, resultados e efeitos da formação desenvolvida”, sublinha a estrutura.

A acção – em horário laboral e com uma duração de 16 horas – destina-se a directores, quadros e técnicos dos departamentos de recursos humanos.

Com sede na Marinha Grande, a Cefamol é uma instituição sem fins lucrativos e de utilidade pública.

A associação foi fundada em 1969 por iniciativa de sete empresas fabricantes de moldes para a indústria de plásticos, contando presentemente com 125 associados.

A indústria nacional de moldes emprega cerca de 7.500 trabalhadores, num universo de 300 empresas, divididas entre os pólos de Marinha Grande e de Oliveira de Azeméis.

Artigo AnteriorPróximo Artigo