Desporto, S. João da Madeira

António Sousa dispensado no Beira-Mar – S. João da Madeira

O treinador António Sousa deixou hoje o comando técnico da equipa de futebol do Beira-Mar, após a eliminação na Taça de Portugal, disse à Agência Lusa o presidente da Comissão Administrativa (CA) do clube da Liga de Honra.

Mano Nunes confirmou o demissão do técnico de S. João da Madeira e sublinhou que “são sempre os resultados que ditam estas situações”, admitindo que a eliminação da Taça de Portugal, perante o Olivais e Moscavide (II Divisão) e o fraco desempenho na Liga de Honra, onde o Beira-Mar soma apenas uma vitória, precipitaram a saída.

“Foi um treinador em que apostámos, mas as coisas não estavam a correr como esperámos e não podemos adiar esta decisão”, esclareceu o dirigente.

Mano Nunes não quis confirmar a existência de um clima de mal-estar com o treinador, originado pela suspensão imposta na semana passada ao médio Ricardo Sousa, filho do técnico, frisando que “a Direcção nunca misturou as coisas”.

Embora reconheça que “não é uma decião agradável para ninguém”, o presidente da CA espera que o plantel “auri-negro” reaja com determinação, porque “os jogadores são profissionais e vão ter que continuar a correr”.

O presidente da CA assumiu o fracasso do projecto traçado no início da época, mas mostrou-se confiante: “No futebol cai-se e levanta-se e nós já nos levantámos por muitas vezes de situações difíceis”.

Sem avançar com nomes para a sucessão a António Sousa, Mano Nunes garantiu apenas que “será uma decisão tomada com bastante calma” e que, “no imediato, o Beira-Mar tem pessoas capazes de conduzir a equipa”, que será liderada pelos técnicos Bruno Moura e Antonino Fonseca.

O Beira-Mar ocupa a 12º posição da Liga de Honra e, no último domingo, foi eliminado da Taça de Portugal, com uma derrota em Lisboa, no terreno do Olivais e Moscavide, da Série D II Divisão.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo