Cultura, S. João da Madeira

Jornadas Europeias de Património arrancam esta sexta-feira – S. João da Madeira

A valorização do património local é “uma tarefa de todos”, afirmou o vice-presidente da Câmara de S. João da Madeira, Rui Costa.

“A população deve tomar consciência de que tem um património que vale a pena preservar e, para além disso, ser conhecido”, disse o autarca, em declarações à EDV Informação.

O município de S. João da Madeira, que a partir de hoje é palco das Jornadas Europeias de Património, quer “levar os sanjoanenses a reencontraram-se com o seu património”.

“Temos de sair de portas e procurar um contacto mais próximo com as pessoas no sentido de as sensibilizar para esta matéria da valorização do património”, frisou Rui Costa.

S. João da Madeira adere pela terceira vez consecutiva – através do Museu da Chapelaria – à iniciativa promovida, em Portugal, pelo Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e Arqueológico.

O programa abre esta sexta-feira com visitas pedestres pela cidade e pela sua história (início às 10:00 e às 15:00). O roteiro inclui fábricas, monumentos, os Paços da Cultura e a Biblioteca Municipal. Actividades para repetir no sábado, às 10:00.

No sábado, há ainda duas oficinas no Museu da Chapelaria. A primeira está marcada para as 16:00 e intitula-se “À Descoberta do Feltro”, destinando-se a crianças e jovens entre os sete e os 16 anos. “À conversa com os chapeleiros” é a segunda oficina, com início às 17:00 e aberta ao público em geral.

No domingo, último dia das jornadas em S. João da Madeira, o programa é preenchido com mais oficinas de trabalho no museu, para crianças.

Artigo AnteriorPróximo Artigo