Santo Tirso, Sociedade

“Chama da Solidariedade” em Santo Tirso

A Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade em parceria com as UDIPSS (Uniões Distritais das Instituições Particulares de Solidariedade Social) vai organizar a Festa da Solidariedade 2008, com o envolvimento de instituições, colaboradores, utentes e da população em geral, e onde o principal destaque vai para a “Chama da Solidariedade”que se assemelha à chama olímpica.  

Esta actividade contou, desde a primeira hora, com o apoio da Câmara Municipal de Santo Tirso, no que respeita à organização do evento que decorre no próximo dia 26 de Setembro. A chama da solidariedade (que inicia o seu percurso em Lisboa e termina em Barcelos) entrará no Concelho de Santo Tirso, por Água Longa, chegando à Praça do Município, cerca das 12h30. Uma hora mais tarde, segue em direcção ao Instituto Nun’Alvres, passando o testemunho a V. N. Famalicão.  

Para celebrar o evento durante a paragem no Centro Cívico, as IPSS e as escolas da cidade vão apresentar um tapete de retalhos, com motivos alusivos à solidariedade. Ainda neste local serão acesas, simbolicamente, 28 chamas, tantas quantas as IPSS existentes no concelho. 

Para que possam participar nesta iniciativa, fica o trajecto completo que a chama da solidariedade irá efectuar, desde a entrada no concelho até à sua saída: Estrada Nacional 105 – desde Água Longa até Santo Tirso, Rua da Cristininha, Rua Ferreira de Lemos, Rua Nuno Álvares Pereira, Rua Conde S. Bento, Rua dos Carvalhais, Praça 25 de Abril, Rua José Luís de Andrade, Avenida Sousa Cruz, Avenida de Soeiro Mendes da Maia, Alameda da Ponte, Rua Dr. Arnaldo Coelho, Rua Fernando Pires de Lima, Rua Padre José Maria Alves, Alameda das Termas, Rua do Instituto Nun’Alvres e Rua da Estrada Nova (14h00). 

Artigo AnteriorPróximo Artigo