Oliveira de Azeméis, Sociedade

Autarquia faz balanço positivo das participações na semana da mobilidade

O balanço de sete anos de participação da Câmara de Oliveira de Azeméis na Semana Europeia da Mobilidade é “muito positivo”, defendeu o vereador do pelouro do ambiente, Albino Martins.

A pedonização do centro histórico da cidade e o circuito de transporte urbano são consideradas as medidas práticas mais importantes dessa participação.

“O que tem estado em causa desde a nossa primeira participação tem sido o futuro das pessoas”, afirmou Albino Martins, reconhecendo que a iniciativa da Comissão Europeia foi determinante para a decisão de retirar o trânsito do centro urbano e de promover o transporte público.

“A adesão do município à Semana Europeia da Mobilidade enquadra-se na estratégia de defender o futuro dos oliveirenses através de questões importantes que têm a ver com a sua qualidade de vida”, sustenta o autarca.

O município aderiu pela primeira vez em 2002 à iniciativa consciente da urgência de serem alterados comportamentos e atitudes.

O programa deste ano – de hoje até dia 22 – não revela grandes novidades ainda que a intenção da autarquia seja o de continuar a sensibilizar os munícipes para algumas necessidades a nível ambiental, de mobilidade e qualidade de vida.

“Encaramos esta semana de actividades como uma medida estruturante para um futuro sustentável”, referiu.

“Não desistiremos de promover acções que tenham a ver com a melhoria das condições de quem vive na cidade promovendo novas posturas no dia a dia”, adiantou.

“As caminhadas e o uso do transporte colectivo são dois bons exemplos para os quais iremos continuar a mentalizar as pessoas”, esclareceu o responsável do ambiente.

Sob o tema “Ar puro para todos – Um sonho ou uma possibilidade real?” os oliveirenses são convidados a participar em várias iniciativas: rastreios de saúde, caminhadas nocturnas, atelier de expressão corporal, jogos tradicionais e espectáculos musicais.

O ponto alto da semana ocorre no dia 21, “Dia sem Carros”.

O programa envolve, na sua maioria, actividades desportivas na Avenida António José de Almeida e noutras zonas do centro urbano.

Na Praça da Cidade desenrolar-se-ão acções destinadas às crianças (espectáculos, pinturas faciais e escultura de balões). A zona histórica receberá a feira de artesanato urbano. Está programada ainda para esse dia uma caminhada.

Artigo AnteriorPróximo Artigo