Cultura, Póvoa de Varzim, Santa Maria da Feira

Marionetas da Feira vencem 3º Festival de Animação de Rua – P. Varzim

Rui Sousa, fundador da companhia de Marionetas da Feira, foi o artista mais votado pelo muito público que assistiu à 3ª edição do Festival Nacional de Animação de Rua, que decorreu na Rua da Junqueira e Adjacentes ao longo do dia de sábado.
 
O marionetista era o único participante que tinha estado presente nas duas primeiras edições do Festival e nunca tinha ganho qualquer prémio. Este ano, o público decidiu premiar a originalidade, a qualidade e a interacção que este jovem, mas experiente, artista de Santa Maria da Feira propunha com o seu espectáculo denominado “Puppetologia”, e que consistia na manipulação habilidosa de várias personagens (marionetas), muitas das vezes ao ritmo da música, e com a própria assistência a colaborar na manipulação dos bonecos.
 
O troféu atribuído pela Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, uma miniatura da “Lancha Poveira”, foi entregue pelo Dr. Afonso Oliveira, vereador com o pelouro de desenvolvimento socio-económico e do turismo, presente no jantar de encerramento.
 
Dos 749 votos válidos contabilizados, 123 foram para o vencedor e 48 para o artista menos votado, o que confirma várias opiniões ouvidas ao longo do dia de que as exibições dos nove artistas convidados eram todas de elevada qualidade, o que dificultou a escolha do público.
 
Os segundos artistas mais votados foram os “Kopinxas” (teatro / artes circenses), tendo ficado em terceiro lugar os “Irmãos Esferovite” (banda de palhaços).
 
O Festival Nacional de Animação de Rua foi organizado pela Associação Comércio Ao Ar Livre e contou com o apoio da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim e o patrocínio do empreendimento “Oceanus Park”, comercializado pela imobiliária Azemedi. O sucesso alcançado pelo evento confirmou a notoriedade que o mesmo já detém junto do público e a credibilidade reconhecida pelos artistas de rua de todo o país.
 
Para o próximo ano, a Comércio Ao Ar Livre pretende manter a qualidade do Festival, mas aumentar o número de palcos e / ou a duração do evento, com a introdução de uma sessão nocturna.

Artigo AnteriorPróximo Artigo