Cultura, Póvoa de Varzim, Turismo

vimus – programa apresentado ontem – P. Varzim

 O vimus Festival Internacional de Vídeo Musical entra no seu segundo ano de existência com um programa recheado de novidades, no que toca às exibições, e com uma vertente competitiva que fez chegar à organização mais de três centenas de trabalhos concorrentes, nas áreas de videodocumentário e videoclip, nacional e internacional.
            O programa foi hoje apresentado publicamente, no Posto de Turismo, e, apesar de só estar no seu segundo ano de existência, são evidentes os sinais de que este é um Festival que veio para ficar e que conseguiu já afirmar-se, tanto pela novidade que constitui, uma vez que não há outro evento do género no país, como pelos vídeos que vão ser apresentados. Álvaro Costa, da Antena 3, está ligado à organização do evento e sublinhou precisamente esta forte possibilidade de o vimus vir a tornar-se num evento de dimensão internacional a muito curto prazo, podendo mesmo vir a expandir-se para outras temáticas e áreas, ligadas à música, às novas tecnologias e ao mundo do espectáculo. A solidez do programa e as boas apostas na selecção dos vídeos são, para Álvaro Costa, sinais evidentes de que o vimus é já uma marca que se impôs.
             Quanto a novidades, a organização destacou a retrospectiva da mais aclamada obra de videoconcertos a nível mundial, a série “Freedom Now!”, da produtora francesa La Huit Productions – para o ano há mesmo a intenção de abrir a secção competitiva aos videoconcertos – e duas retrospectivas de realizadores com obra importante na área dos videoclips, o português Rui de Brito e o francês Edouard Salier.  Na secção competitiva dos videodocumentários internacionais, dos 11 que serão apresentados, oito serão uma estreia em Portugal. Quanto aos videodocumentários nacionais, serão todos exibidos no Diana Bar, onde estarão também presentes todos os realizadores para conversas informais com o público antes e depois dos visionamentos.
              Mais do que um festival de vídeos musicais, o vimus acaba também por ser uma mostra de tendências e de novas realidades, que transparecem em obras como as que este ano vão ser apresentadas e que permitem perceber, por exemplo, o papel e a força da música em países como Angola ( “É Dreda ser Angolano” e “Kuduro – Fogo no Musseke”), a música como forma de libertação e resistência política na Bielorrússia ( “Music Partisans”), e o surgimento de bandas rock e pop no Irão (“Sounds of Silence”) e no Iraque (“Heavy Metal in Baghdad”).
              Na vertente competitiva há prémios para o melhor videodocumentário nacional e internacional e para o melhor videoclip nacional e internacional. As inscrições estão encerradas e a organização recebeu um total de 30 videodocumentários e 290 videoclips tanto nacionais como internacionais, nas duas categorias. O júri é composto por Inês Nadais, jornalista do Público, nas áreas de música e cinema, Rui de Brito, fundador da Subfilmes Creative Network e produtor de magazines de televisão e videoclips, e Stephane Jourdain, produtor e cineasta, na área da música.
               O vimus decorre de 4 a 7 de Setembro, em bares e cafés da cidade, procurando dessa forma, acentuar o seu carácter de proximidade e informalidade, afastando-se de um formato mais rígido de projecções em auditórios fechados. Para Afonso Oliveira, vereador do Pelouro do Turismo e Desenvolvimento Socioeconómico, este festival é mais uma iniciativa que a Câmara apoia e que se insere no calendário de eventos que, ao longo do ano, ajudam à afirmação da Póvoa de Varzim como uma cidade vocacionada para a promoção da cultura,, do desporto e do lazer.
                A abertura do vimus será no dia 4, às 22h00, no Diana Bar, com a exibição de “Heavy Metal in Baghdad” e o programa prossegue depois nos seguintes moldes:
 Dia 5:
DIANA BAR
16h00 – Videodocumentário (Comp. Internacional) “Introspective”
17h30 – Videodocumentário (Comp. Internacional) “Rockin’ Brooklyn”
19h00 – Videodocumentário (Comp. Internacional e Nacional) “Os Três de Portugal” + “Camané- as gravações de ‘Sempre de mim’”
21h30 – Videoclipes Competição Nacional 1
22h30 – Videodocumentário (Comp. Internacional) “Dub Echoes”
00h00 – Videodocumentário (Comp. Nacional) “É Dreda Ser Angolano”
NOX
22h00 – Videoclipes Competição Internacional 1
23h00 – Freedom Now “Yohimbe Brothers”
24h00 – Videoclipes Competição Internacional 5
PLASTIC
22h00 – Panorama Nacional 1 + Panorama Nacional 2
23h00 – Videoclipes Competição Nacional 1
00h00 – Videoclipes Competição Internacional 3
BRISA
22h00 – Videoclipes Competição Nacional 1
23h00 – Videoclipes Competição Nacional 2
24h00 – Videoclipes Competição Internacional 2
GUIMA’S
22H00 – Videoclipes Competição Internacional 6
23H00 – Videoclipes Competição Internacional 4
24H00 – Videoclipes Competição Internacional 3
DALI DAKI
22h00 – Videoclipes Competição Internacional 4
23h00 – Videoclipes Competição Internacional 5
24h00 – Videoclipes Competição Internacional 2
 
DIA 6
DIANA BAR
16h00 – Videodocumentário (Comp. Internacional) “Sonic Youth Sleeping Nights Awake”
17h30 – Videodocumentário (Comp. Internacional) “Music Partisans”
19h00 – Especial RUI DE BRITO
21h30 – Videoclipes Competição Nacional 2
22h30 – Videodocumentário (Comp. Nacional) “B.leza” + ” Kuduro – Fogo no Museke”
00h00 – Videodocumentário (Comp. Internacional) “Part Of The Week-End Never Dies”
NOX
22H00 – Videoclipes Competição Internacional 3
23H00 – Retrospectiva Edouard Salier
24H00 – Videoclipes Competição Internacional 6
PLASTIC
22H00 – Freedom Now “Raï! Raï! Raï!”
23H00 – Videoclipes Competição Nacional 2
24H00 – Videoclipes Competição Internacional 4
BRISA
22H00 – Videoclipes Competição Internacional 3
23H00 – Videoclipes Competição Internacional 5
24H00 – Videoclipes Competição Internacional 1
GUIMA’S
22H00 – Videoclipes Competição Nacional 2
23H00 – Videoclipes Competição Nacional 1
24H00 – Videoclipes Competição Internacional 1
DALI DAKI
22H00 – Videoclipes Competição Internacional 6
23H00 – Freedom Now “Jerry Gonzalez”
24H00 – Videoclipes Competição Internacional 1
 
DIA 7
DIANA BAR
16h00 – Videodocumentário (Comp. Internacional) “One Man In The Band”
17h30 – Videodocumentário (Comp. Internacional) “The Night James Brown Saved Boston”
19h00 – Videodocumentário (Comp. Internacional) “Sounds Of Silence”
22h00 – Sessão de Encerramento – PREMIADOS
NOX
22H00 – Videoclipes Competição Internacional 2
23H00 – Videoclipes Competição Internacional 4
PLASTIC
22H00 – Videoclipes Competição Internacional 1
23H00 – Videoclipes Competição Internacional 2
BRISA
22H00 – Videoclipes Competição Internacional 4
23H00 – Videoclipes Competição Internacional 6
GUIMA’S
22H00 – Videoclipes Competição Internacional 2
23H00 – Videoclipes Competição Internacional 5
 
            O Festival é uma organização da Associação Octopus, com o apoio da Câmara Municipal e do Turismo de Portugal.                 
 

Artigo AnteriorPróximo Artigo