Oliveira de Azeméis, Sociedade

Centro Social de Fajões aumenta valências – Oliveira de Azeméis

O Centro Social “Drª Leonilda Aurora da Silva Matos”, de Fajões, vai poder acolher mais 18 crianças na sua creche a partir do final do corrente ano. A ampliação daquela valência representa um investimento de 150 mil euros.

Actualmente a instituição particular de solidariedade social (IPSS) tem na creche 40 crianças, apesar de ter protocolado com a segurança social (SS) o acolhimento de apenas 33.

Os 150 mil euros para a obra foram assumidos pelo Estado, numa percentagem de 60 por cento, através do Programa de Alargamento da Rede de Equipamentos Sociais (PARES); pela Câmara de Oliveira de Azeméis, com 20 por cento; e pelo Centro Social, com 20 por cento.

Em Julho último arrancaram as obras de edificação do futuro Lar para Idosos. “Era uma aspiração de há muito”, disse à EDV Informação José Santos, o presidente da IPSS.

A nova valência terá capacidade para 40 utentes e ficará instalada no lugar da Lavandeira, num terreno em parte doado pela benemérita Leonilda Aurora da Silva Matos. A obra deverá estar concluída em Maio do próximo ano.

O Lar vai custar 1,3 milhões de euros, mais IVA. O PARES garantirá metade da verba, a Câmara pagará 20 por cento e o Centro Social assumirá 30 por cento.

A construção de um Lar Residencial para 24 deficientes, no lugar do Pisão, é um projecto para o futuro. Esta valência será complementada por duas residências autónomas, igualmente para deficientes, com capacidade para cinco utentes cada.

“Já temos garantia de financiamento por parte do PARES”, assegurou José Santos. Especificou que aquela comparticipação andará entre os 45 e os 50 por cento e que a edilidade continuará a contribuir com 20 por cento, cabendo o restante à instituição.

As valências para os cidadãos portadores de deficiência vão ter um custo total de 960 mil euros.

Artigo AnteriorPróximo Artigo