Sociedade

Biblioteca com quadros de André Borges – S. João da Madeira

“Subir Degraus” é o título da exposição de André Borges patente durante o mês de Agosto na Biblioteca Municipal de S. João da Madeira.

Segundo o artista, esta exposição de pintura assume-se como “uma escalada sem um sentido definido”. “É o ponto de partida”, mas André Borges sabe que “nas artes plásticas, como noutras áreas, o caminho é cheio de desvios e (ou) contratempos”.

A mostra é organizada pela associação “Teia dos Sentidos”, dando sequência a um conjunto de exposições em várias vertentes artísticas que tem vindo a realizar.

“A exposição pretende, no fundo, questionar o sentido da arte e a busca constante que o próprio autor se interroga. A partir dos quadros que ele expõe é possível constatar algumas influências cubistas”, disse a presidente da “Teia dos Sentidos”, Salomé Pinto.

Os quadros de André Borges podem ser apreciados até 31 de Agosto durante o normal período de abertura da biblioteca (14:00-20:00 à segunda-feira; 10:00-20:00 de terça a sexta-feira; e 10:00-13:30 ao sábado).

Natural de Lisboa, André Borges frequenta o primeiro ano de pintura na Faculdade de Belas-Artes de Lisboa, tendo passado pela Sociedade Nacional de Belas-Artes (SNBA), onde estudou Pintura, Desenho e História da Arte.

A “Teia dos Sentidos” nasceu após o lançamento da colectânea de poesia e fotografia “Simbiose” (a 14 de Abril de 2007).

Ao longo de um ano, 17 autores, alguns dos quais membros da associação, compilaram os seus melhores poemas e fotografias, dando origem ao livro “Simbiose”.

“Sem fronteiras físicas ou virtuais”, esta “teia” foi constituída oficialmente a 11 de Fevereiro de 2008, tem sede em S. João da Madeira e o sítio na Internet em http://simbiose.sitesedv.com/.

Artigo AnteriorPróximo Artigo