Matosinhos, Tecnologia

Portátil “Magalhães” – de Matosinhos para o Mundo

O projecto “Magalhães” foi apresentado em simultâneo, na manhã de 30 de Julho, em Lisboa, Matosinhos e Sabrosa, terra onde nasceu o navegador português Fernão de Magalhães, no qual é inspirado o portátil.

O computador vai ser produzido na nova fábrica de computadores projectada pela multinacional Intel e pela JP Sá Couto na zona industrial que a Câmara Municipal de Matosinhos está a dinamizar no Freixieiro, Freguesia de Perafita, e pode vir a criar cerca mil postos de trabalho, a grande maioria com altas qualificações.

Esta será a segunda fábrica da Intel na Europa e que vai desenvolver um computador altamente tecnológico. A empresa portuguesa JP Sá Couto, que produz os computadores Tsunami, tem a sua sede na Freguesia de Perafita há alguns anos.

Os primeiros computadores devem estar prontos em Setembro e podem não representar custos para os encarregados de educação dos alunos do ensino básico.

Numa primeira fase este computador deverá chegar aos 500 mil alunos do ensino básico português. Contudo, as empresas participantes têm o desejo de alargar a sua produção para todo o mundo, de forma a tornar o país num exportador de computadores.

A cerimónia de assinatura do protocolo entre o Governo Português e a Intel, teve lugar no Pavilhão Atlântico, em Lisboa, e contou com a presença do Primeiro-Ministro, dos Ministros das Obras Públicas, da Economia e da Educação, do Presidente da Intel e do Presidente da Câmara Municipal de Matosinhos.

Artigo AnteriorPróximo Artigo