Póvoa de Varzim, Sociedade

Encontro Internacional de Jovens – termina intercâmbio cultural onde a amizade é a verdadeira descoberta – P. Varzim

Hoje é o último dia em Ueckermünde para os 45 jovens que participaram na edição 2008 do Encontro Internacional de Jovens, a decorrer desde 17 de Julho. 
Com o intuito de partir “À descoberta da Europa”, foi preparado um programa lúdico e cultural cujo objectivo era promover a cooperação e o intercâmbio entre todos os participantes, provenientes da Póvoa de Varzim, Eschborn, Montgeron e Zabbar, cidades que mantêm relações de amizade e geminação.
Arborismo, escalada, cicloturismo, passeios de barco à vela, idas à praia, entre muitas outras actividades, proporcionaram momentos que vão, certamente, ficar na memória de todos, assim como as visitas culturais a Stralsund, Berlim (com passagem pelo Memorial do Holocausto) e Stettin, esta última na Polónia, cidades com um passado ligado à II Guerra Mundial, o sub-tema do Encontro, e ao período da Guerra Fria.
Com base nestas visitas culturais, os participantes foram incentivados a trabalhar em equipa nas Oficinas de Trabalho, durante as quais desenvolveram projectos em vários formatos (texto, pintura, fotografia, filme, etc.), explorando o tema do Futuro da Europa, considerado o presente e o passado, sem esquecer assuntos como a Educação para os Direitos Humanos. O fruto deste trabalho foi apresentado numa Festa Final onde estiveram presentes representantes de cada uma das cidades, sendo a Póvoa de Varzim representada por Manuel Angélico, Vereador do Pelouro do Ambiente. Antes da partida, houve ainda tempo para “esconder” uma Cápsula do Tempo, objecto de grande valor simbólico preparado para que o futuro seja lembrado. Nela, os participantes depositaram itens que honram a memória deste Encontro, como fotografias, pedras, entre outros objectos.
Entre a comitiva portuguesa a experiência teve um saldo muito positivo. Sofia Santos aponta a “oportunidade de conhecer novas pessoas e lugares” como o melhor do Encontro. “É bom verificar as diferenças entre culturas, cores e idiomas e aprender a lidar com as barreiras que existem entre elas”, continua, provando, assim, que o objectivo do Encontro Internacional de Jovens foi atingido. “Por fora somos todos iguais, mas os costumes de cada país mostram as nossas diferenças”, explica Raquel Ferreira, que pela segunda vez participou no Encontro e, como confessou, espera repetir.
Muitos, por já participarem em encontros anteriores, tiveram a oportunidade de rever amigos, mas para outros a experiência foi uma novidade. Em comum, o desejo de se reencontrarem em Malta, o pais que vai acolher o próximo Encontro Internacional de Jovens.
Destinado a jovens entre os 14 e os 17 anos, o Encontro Internacional de Jovens realiza-se anualmente desde 1988. Envolve as autarquias da Póvoa de Varzim, Montgeron (França), Eschborn (Alemanha) e Zabbar (Malta), sendo que esta edição foi organizada pela autarquia alemã, em colaboração com as restantes cidades e também com o apoio da Associação de Amizade Póvoa de Varzim/Cidades Geminadas.
No portal municipal pode ver as imagens desta edição do Encontro Internacional de Jovens.

Artigo AnteriorPróximo Artigo