Sociedade

Comandante da PSP com prognóstico reservado após queda do telhado das piscinas municipais – S. João da Madeira

O comandante da esquadra da PSP de S. João da Madeira, Carlos Duarte, encontra-se estável, mas com prognóstico reservado, após queda do telhado das piscinas municipais, disse fonte do hospital de São Sebastião, em Santa Maria da Feira. “Embora seja uma situação considerada grave, a vítima está estável, mas com prognóstico reservado”, afirmou à Agência Lusa o director clínico do hospital, João Gregório.

O acidente ocorreu segunda-feira, quando a PSP foi alertada por volta das 23:00 para um eventual assalto no complexo de piscinas de S. João da Madeira.

A brigada de intervenção rápida daquela força policial destacada para o local foi informada pela esquadra que um telefonema anónimo exigia a retirada imediata das instalações, caso contrário seria detonado um objecto explosivo no telhado do edifício.

A PSP solicitou de imediato o apoio da corporação local de bombeiros que mobilizou uma auto-escada, tendo o subcomissário Carlos Duarte e outro agente subido ao telhado para confirmar a informação, constatando que nada de anormal ai se passava.

Ao retirar-se, uma placa de fibrocimento cedeu e o subcomissário caiu de uma altura de cerca de sete metros, tendo ficado ferido com gravidade.

Após a intervenção de uma equipa do INEM, os bombeiros de S. João da Madeira transportaram o comandante para o hospital de São Sebastião, em Santa Maria da Feira, onde se encontra internado na unidade de cuidados intensivos polivalente.

Artigo AnteriorPróximo Artigo