S. João da Madeira, Sociedade

Mais de uma tonelada de tampinhas vale material ortopédico para Cerci – S. João da Madeira

A Lipor – Serviço Intermunicipalizado de Gestão de Resíduos do Grande Porto – entregou à Cerci de S. João da Madeira um vale onde é discriminado um conjunto de material ortopédico resultante da recolha de tampas para reciclagem no município, anunciou a autarquia.

O equipamento ficará, a partir de Setembro, à disposição de pessoas que dele necessitem e não disponham de meios para o obter.

A oferta da Lipor resulta do facto de o município de S. João da Madeira ter recolhido, entre Dezembro de 2007 e Maio de 2008, cerca de 1.200 quilogramas de tampas de plástico de garrafas e outras embalagens.

Essa quantidade de tampas para reciclagem foi reunida nos diferentes pontos de recolha do projecto “Tampinhas de S. João da Madeira”, desenvolvido pela Câmara Municipal e pela Cerci do concelho, no âmbito do processo da Agenda 21 Local.

Pelas tampas enviadas para a Lipor, fundada para tratar os resíduos urbanos de vários municípios da região, esta entidade entregará ao centro de recursos instalados na Cerci uma cama articulada manual, um colchão tri-partido (para cama manual), uma grade para cama manual, um colchão anti-escaras com compressor, uma cadeira de rodas Atlas Lite Júnior, uma cadeira de rodas liga leve Action 2 e um ebulizador C28.

“As entidades envolvidas no projecto “Tampinhas” agradecem a participação generosa de todos os que contribuíram para a recolha de tampas de plástico na cidade”, refere a autarquia, salientando que a campanha continua a decorrer com recipientes de recolha colocados em diversos pontos do concelho.

Artigo AnteriorPróximo Artigo