Desporto, Póvoa de Varzim

Capital Radical: terminou ontem o maior evento de actividades radicais do país- P. Varzim

Terminou ontem o maior evento de actividades radicais do país que durante três dias atraiu milhares de pessoas à Póvoa de Varzim.
 Durante a tarde disputou-se a segunda etapa do Circuito Nacional Etnies Skate e o Lota Skate Parque esteve ao rubro com as hilariantes manobras dos 160 skaters inscritos para esta prova. Tarefa nada fácil para o júri, que teve de seleccionar os melhores nas categorias de profissional, amador e iniciados. Quanto aos três primeiros classificados em cada uma destas categorias – em profissionais: 1º Ruben Gamito; 2º Nuno Relógio; 3º Ricardo Fonseca. Na categoria amadores: 1º Rui Costa, 2º Fábio Pereira e 3º Pedro Carreira; Iniciados: 1º Duarte Pombo, 2º Jorge Simões e 3º J. Nuno Pires e o Vencedor do best trick: Ruben Gamito, campeão nacional 2007, que no ano passado também ficou em primeiro lugar aqui na Póvoa de Varzim.
O Circuito Nacional Etnies Skate é uma organização do Radical Skate Clube e é disputado em quatro etapas. Na Póvoa decidiu-se a segunda e, em Setembro, o circuito ruma ao Algarve e termina, no final do ano, em Lisboa. As classificações completas bem como toda a informação adicional estão no sítio www.radicalskateclube.com.
Ontem à noite, o Capital Radical encerrou com o Palco de Verão, um espectáculo produzido pela Associação Nós da Dança com o apoio da Casa da Juventude, e que contou com a apresentação da Escola de Artes da Academia Gimnoarte. Ballet Clássico, Neo-Clássico, Dança Moderna, Modern Jazz, Ragga/Hip Hop New School, Aerokids, Hip Hop Kids e Canto estavam em exibição numa actuação diversificada que pretende contaminar o público.
O último dia ficou marcado por muitas novidades: desde o contacto com estrelas do futsal e do automobilismo à desafiante grua do bungee jumping, que após o sucesso do ano passado voltou para quem quis experimentar emoções fortes.
Os espectaculares saltos para a água e a subida da parede de escalada foram os pontos de maior atracção para os milhares de pessoas que passaram pelo Capital Radical. O Espaço Atracção encheu-se de adolescentes e jovens em busca de um autógrafo de Álvaro Parente, campeão do World Séries 2007, e de Ricardinho, jogador da Selecção de Futsal. Metros à frente, o público vibrava com os malabarismos de profissionais que das alturas realizavam magníficos saltos para a água. E pelo ar, os mais novos viviam momentos de aventura e adrenalina atravessando o Passeio Alegre após a difícil subida da parede de escalada. Muitas crianças e adolescentes mostravam a sua coragem no Air Bungee e no Bike Looping, instalados no Porto de Pesca, que lhes permitiram desfrutar da sensação de liberdade com saltos e loopings verdadeiramente alucinantes. Não menos destemidos, muitos deslizavam na pista de gelo criada no Auditório da Lota enquanto outros experimentavam diferentes modalidades desportivas num insuflável montado no areal, o Bossa Ball.
Chegam, assim, ao fim três dias de grandes emoções e muita animação que marcaram a 6ª edição do Capital Radical, uma organização da Câmara Municipal através da Casa da Juventude, realizado pela primeira vez, em 1997, e que, cada vez mais, vai afirmando o seu sucesso.

Artigo AnteriorPróximo Artigo