Santa Maria da Feira, Sociedade

ISPAB e ISVOUGA querem lançar novos cursos e aumentar o número de alunos – Sta. Maria da Feira

O Instituto Superior de Paços de Brandão (ISPAB) e o Instituto Superior de Entre Douro e Vouga (ISVOUGA), sediado em Santa Maria da Feira, querem aumentar o número de cursos leccionados e o número de alunos que os frequentam.

O ISPAB pediu à Direcção-Geral do Ensino Superior autorização de funcionamento dos cursos de Licenciatura em Engenharia e Gestão Industrial e em Gestão de Turismo.

Ainda não recebeu uma resposta, mas tem o objectivo de leccionar os novos cursos no ano lectivo de 2008/2009.

O ISVOUGA vai leccionar, no próximo ano lectivo, um novo Curso de Especialização Tecnológica, que vai formar técnicos (as) especialistas em Banca e Seguros.

As duas instituições de ensino superior do município de Santa Maria da Feira têm o objectivo de aumentar o número de alunos em 2008/2009.

O ISPAB teve 231 alunos no ano passado e o ISVOUGA teve 241 alunos.

No ISPAB são leccionadas as licenciaturas de Engenharia Química, Gestão e Contabilidade, e Marketing, Publicidade e Relações Públicas.

O ISVOUGA tem licenciaturas em Contabilidade (70 vagas para 2008/2009), Marketing, Publicidade e Relações Públicas (50 vagas), Gestão de Empresas (70 vagas), Engenharia de Produção Industrial (60 vagas) e Solicitadoria (70 vagas).

O Instituto Superior de Paços de Brandão lecciona Pós-Graduações em Gestão Ambiental, Gestão Financeira, Gestão da Qualidade, e Higiene e Segurança no Trabalho.

No Instituto Superior de Entre Douro e Vouga existem pós-graduações em Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), Multimédia, Marketing Management, Relações Públicas, e Gestão das Organizações de Carácter Social.

Os dois Institutos garantem que os seus cursos têm elevadas taxas de empregabilidade.

O ISPAB aponta taxas de empregabilidade de 80 por cento em Engenharia Química, 92 por cento em Gestão e Contabilidade, e 87 por cento em Marketing, Publicidade e Relações Públicas.

As licenciaturas de Contabilidade, Marketing, Publicidade e Relações Públicas, e Gestão de Empresas do ISVOUGA estão referenciadas com uma taxa de empregabilidade de 80 por cento e a Engenharia de Produção Industrial chega aos 90 por cento.

Artigo AnteriorPróximo Artigo