Sociedade, Trofa

Piscinas Municipais da Trofa abrem as portas a 27 de Junho

É inaugurada na próxima sexta-feira, 27 de Junho, às 21h30, a Academia Municipal da Trofa – Aquaplace. O complexo municipal que integra as piscinas da Trofa abre oficialmente as portas e marca uma nova era na prática desportiva no concelho da Trofa e na região, apresentando modalidades inovadoras e prestando um acompanhamento integrado aos utentes. As piscinas localizam-se no lugar de Real, junto ao Hospital da Trofa e surgem para concretizar um sonho antigo de todos os trofenses.  

Para a grande inauguração preparar-se uma mega festa de abertura com muitas surpresas, entre elas espectáculos de som e luz e várias demonstrações de modalidades desportivas, bem como a visita a todo o recinto do complexo. 

Mais de 1000 inscrições   

Nesta altura e ainda antes da sua abertura as pré-inscrições já superaram todas as expectativas. A Academia Municipal da Trofa lançou recentemente uma campanha de pré-inscrições que ultrapassou todas as previsões, já que na primeira semana se inscreveram mais de 500 utentes. Assim, e para dar resposta à enorme procura verificada a Academia Municipal resolveu alargar a campanha e isentar de jóia mais 500 inscrições. 

Aquaplace – Casa aberta a 28 e 29 de Junho para visitas guiadas  

Os interessados podem visitar a Academia e todas as suas valências, nomeadamente piscinas, ginásios, spa e jardins durante todo o fim de semana (28 e 29 de Junho)  das 9h00 às 13h00 e das 15h00 às 18h00. Na segunda-feira (30 de Junho) todos os quiserem experimentar os vários serviços têm entrada livre das 8h00 às 14h30 e das 15h30 às 22h00.  

Este complexo começará a funcionar em pleno na terça-feira, 1 de Julho com inúmeras modalidades, nomeadamente Body Combat, Body Pump, Body Balance, Jump, Indoor Cycle, Step, Localizada, Métodos de Pilates, Yoga, Taichi, Dança Jazz, AeroDance, Ragga Jam, Dance Kids, Ballet Clássico, Capoeira, karaté, Danças de Salão, Alongamentos, Ginásio, Spa, bem como outros serviços de acompanhamento e apoio como nutricionismo e avaliação física.   

Os critérios de dimensionamento e organização funcional foram estabelecidos com base num conjunto de normas internacionais face ao funcionamento previsto e aos objectivos estabelecidos, que apontam no sentido da diversidade de utilização (desportiva, aprendizagem, recreio e lazer) e na possibilidade de realização de provas oficiais.  

Gestão energética com base em energias renováveis  

A Academia é, assim, composta por um Tanque principal com 25 m por 12,5m destinado a prática da natação nas vertentes de aprendizagem de competição e competição, estando também preparado para a realização de actividades de Pólo Aquático e Natação Sincronizada e um Tanque Secundário com 12,5m por 12,5m tanque com as valências de Hidroginástica e adaptação ao meio aquático, hidroterapia e natação para crianças. Os cidadãos com mobilidade reduzida encontrarão também neste equipamento uma resposta cabal para a sua condição física, pois a unidade está equipada para esse tipo de utilizadores. 

Paralelamente a gestão energética de todo o complexo vai assentar na utilização das energias renováveis (energia solar e biomassa) com o objectivo de melhorar a eficiência energética e a promoção dos recursos autóctones.                     

Toda a gestão futura das piscinas, ginásios e demais infraestruturas dependerá de um plano de Optimização Energética vital também para a viabilidade técnica e económica do complexo.  

Com um investimento de quase quatro milhões de euros o complexo das piscinas municipais será preparado para receber competições nacionais e internacionais. Desta forma, o executivo municipal desenvolveu mais um esforço no sentido de apostar na qualidade de vida e no bem-estar de todos os munícipes. A Piscina Municipal nasce numa zona que terá um enquadramento paisagístico cuidado e planeado.  

Artigo AnteriorPróximo Artigo