Arouca, Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Oliveira de Azeméis, Porto, Póvoa de Varzim, S. João da Madeira, Santa Maria da Feira, Santo Tirso, Sociedade, Trofa, Vale de Cambra, Valongo, Vila do Conde

Governo Civil de Aveiro assina Carta Europeia da Segurança Rodoviária

O Governo Civil de Aveiro assinou a Carta Europeia da Segurança Rodoviária, subindo para 49 o número de instituições públicas e privadas que se comprometem a desenvolver acções que ajudem a reduzir a sinistralidade rodoviária.

Lançada pela Comissão Europeia há quatro anos, a carta faz parte do Programa de Acção para a Segurança Rodoviária e tem como objectivo reduzir para metade o número de mortos nas estradas europeias até 2010, ou seja, salvar 25 mil vidas em seis anos.

A nível europeu já aderiram mais de 1.000 entidades e em Portugal já tinham entrado 24 instituições, como a Brisa, a associação de defesa do consumidor Deco e os CCT.

O Governo Civil de Aveiro foi uma das 25 entidades portuguesas que assinaram o documento na passada sexta-feira, numa cerimónia que decorreu na Representação da Comissão Europeia, em Lisboa.

Portugal está entre os primeiros cinco países da Europa que mais reduziram o número de mortes em acidentes rodoviários desde a publicação em 2001 do Livro Branco da Comissão Europeia sobre a Política Europeia de Transportes.

Em 2006 registaram-se menos 800 mortes em acidentes de estrada do que em 2001, o que representa uma redução de 42 por cento do número de vítimas mortais.

Artigo AnteriorPróximo Artigo