Santa Maria da Feira, Sociedade

Suldouro constrói central de valorização orgânica orçada em 22 milhões de euros – Sta. Maria da Feira

A Suldouro – Valorização e Tratamento de Resíduos Sólidos Urbanos do Sul do Douro vai construir em Sermonde, Gaia, uma central de valorização orgânica para receber os resíduos biodegradáveis dos municípios de Santa Maria da Feira e Vila Nova de Gaia, anunciou fonte da empresa.

Esta nova unidade, que servir uma população de 446 mil habitantes, é constituída por uma Unidade de Digestão Anaeróbica, que vai tratar este tipo de resíduos por «processo de digestão anaeróbica com recuperação do biogás produzido e posterior maturação/higienização aeróbica do composto resultante».

A empreitada, orçada em 22 milhões de euros e com um prazo de construção de dois anos, foi adjudicada ao consórcio constituído pela empresa alemã Haase e pelas portuguesas Sitel, CME e Sotecnisol.

A coordenação, controlo e fiscalização da empreitada foi adjudicada à empresa CINCLUS – Planeamento e Gestão de Projectos.

De acordo com a Cinclus, está ainda nos planos da Suldouro ampliar, em breve, o aterro sanitário existente nas instalações da empresa em Sermonde, bem como a construção de uma nova central de triagem automática, adjacente à existente naquele mesmo local.

Artigo AnteriorPróximo Artigo