Póvoa de Varzim, Sociedade

Obras de saneamento aproximam-se do fim – P. Varzim

 Nas freguesias de Amorim, Terroso e Navais (estas últimas abrangem também território da Estela) as obras de saneamento entraram na recta final, prevendo-se que possam estar concluídas em Julho, cumprindo-se, assim, o prazo previsto de 12 meses para a sua execução.
          Em Navais e parte da Estela, 80 por cento da obra está concluída, enquanto que em Amorim (norte) e Terroso, obra de maior dimensão, estão concluídos 65 por cento dos trabalhos. Nestas duas últimas freguesias, englobadas numa única empreitada, o investimento é superior a três milhões e 650 mil euros, enquanto que em Navais, onde se abrange uma parte da zona sul da Estela,  estão a ser investidos perto de um milhão e oitocentos mil euros.
           Estas obras de saneamento são comparticipadas em 60 por cento por fundos do terceiro Quadro Comunitário de Apoio, através do Programa Operacional da Região Norte, mas é a Câmara Municipal que paga, na íntegra, as redes de águas pluviais, que serão construídas ao mesmo tempo.  De facto, a empreitada abrange a construção da rede de saneamento e da rede de escoamento de águas pluviais e a recuperação do piso de estradas e passeios nas três freguesias, após a intervenção.
           A construção de redes de saneamento é sempre das obras mais complicadas de realizar, uma vez que obriga a grandes investimentos, causa grandes transtornos às populações, que raramente percebem a importância deste tipo de infra-estruturas, e o seu resultado final não tem qualquer visibilidade, excepto a nível da repavimentação. Apesar das dificuldades, a Câmara Municipal tem realizado grandes investimentos nesta área, que tem sido, de resto, nos últimos anos, considerada como uma prioridade, uma vez que seria impossível planear a evolução de um concelho descurando questões tão importantes como o saneamento básico, ligado directamente à qualidade de vida das populações e à defesa do meio ambiente.
           Em Outubro de 2003 começaram as obras em Argivai, Beiriz e Amorim (sul), freguesias onde, no total, foram instalados mais de 80 quilómetros de canalizações para águas residuais e pluviais e reconstruídas inúmeras ruas e passeios, que melhoraram consideravelmente a estética dos locais intervencionados. Tudo isto implicou um investimento de mais de cinco milhões de euros.
            Com a intervenção em Navais, parte da Estela, Amorim (norte) e Terroso, a autarquia dá andamento ao ambicioso objectivo de levar o saneamento a todo o concelho e, quando estiver concluída, 90 por cento da população do concelho será servida pela rede de saneamento. A implementação deste tipo de infra-estrutura começou no final dos anos 90, com a freguesia de Aguçadoura, onde a instalação da rede de saneamento custou perto de sete milhões de euros.
             A Câmara Municipal tem, pois, realizado importantes investimentos nesta área, considerada estratégica e prioritária para a evolução de um concelho, que não pode ser perspectivada relegando para segundo plano questões tão importantes como a defesa do meio ambiente e a consequente salvaguarda das condições de vida das populações.       

Artigo AnteriorPróximo Artigo