Póvoa de Varzim, Sociedade

Semana do Ambiente – apresentado programa comemorativo – P. Varzim

Decorreu na passada quinta-feira a apresentação da Semana do Ambiente, uma actividade da Câmara Municipal, através do Pelouro do Ambiente, que terá lugar entre 5 e 13 de Junho.
Como explicou Manuel Angélico, Vereador do Pelouro do Ambiente, durante a apresentação da actividade, o evento, organizado no âmbito do Ano Internacional do Planeta Terra, pretende comemorar o Dia Mundial do Ambiente com “um programa mais vasto, que chega a mais população, e com actividades diversas”. Comum a todo o programa comemorativo é o objectivo de “sensibilizar a população”, contribuindo para o conhecimento e valorização do património natural local e para a aquisição de conhecimentos práticos sobre a protecção do meio ambiente.
Assim, o programa arranca a 5 de Junho, Dia Mundial do Ambiente, com Ecovisitas a Serralves para duas centenas de alunos de escolas do concelho. Estes irão participar na Festa do Ambiente e Dia Mundial da Criança, evento organizado pela Fundação de Serralves onde não vai faltar a música, os jogos e a animação. No mesmo dia, alunos das EB1 de Navais e de Aguçadoura participam, a partir das 9h00, em Ecovistas à Cividade de Terroso, actividade repetida no dia seguinte, 6 de Junho, por alunos das EB1 de Beiriz e de Terroso. Esta actividade, na qual os alunos serão acompanhados por José Flores, arqueólogo municipal, tem como objectivo dar a conhecer a fauna e flora locais e a importância que estas tiveram no desenvolvimento da Cividade. A fauna e a flora voltam a ser ponto de interesse nas Ecocaminhadas, a 7 de Junho, actividade que contará, novamente, com a participação do arqueólogo municipal, e que se desenrolará no litoral poveiro, entre a Praia de Quião (Aver-o-Mar) e o campo de futebol de Aguçadoura. Esta actividade, que começa às 9h30, é aberta a toda a população, sendo que não é necessária inscrição prévia.

Ainda antes, a 6 de Junho, às 18h00, o Parque de Merendas de Rates recebe uma reunião do Conselho Municipal de Ambiente da Póvoa de Varzim, onde participam também os membros dos grupos coordenadores das Agendas XXI locais (Rates, Póvoa e Laundos). Esta reunião, dinamizada pela Lipor, servirá para divulgar o Projecto Terra à Terra e o Projecto Agenda XXI Local, ambos já implementados na Póvoa. Um ateliê de dança e uma mostra sobre a separação de resíduos compõem o restante programa da reunião, que terminará com a Ecogastronomia, uma degustação de produtos biológicos como vinho, pão, azeitonas, compotas, entre outros.
O desporto marca também presença neste programa comemorativo, com as Ecopedaladas, uma actividade que, como explicou Manuel Angélico, servirá para dar a conhecer, ao longo dos 45 quilómetros do percurso dentro do concelho, equipamentos como o Econcentro, a antiga lixeira de Laundos (espaço onde vai nascer o projecto Légua da Póvoa e ainda uma Pista de Ultraleves), e ainda outros espaços de lazer que podem ser utilizados pela população para as mais variadas actividades. As Ecopedaladas têm lugar a 10 de Junho, sendo que as inscrições, que podem ser feitas no Pavilhão Municipal, terminam a 5 de Junho. A concentração dos participantes é às 8h30 no Estádio Municipal.
O dia 11 é reservado à Operação Restauração 5 Estrelas, um projecto de recolha de resíduos orgânicos junto de 110 estabelecimentos ligados à restauração, implantado na Póvoa de Varzim, através da Lipor, em Maio de 2006. Passados dois anos o projecto continua na senda do sucesso, pois verifica-se que, de mês a mês, a quantidade de toneladas de resíduos recolhidos aumenta, e, com isso, aumentam as toneladas de composto que resultam do processo de decomposição e tratamento dos resíduos orgânicos. Assim, os restaurantes aderentes receberão, ao longo da semana, com especial ênfase no dia 11, a visita de técnicos do Pelouro do Ambiente e da Lipor para a distribuição de um dístico comemorativo.
O último dia da Semana do Ambiente, a 13 de Junho, ficará marcado pela visita da Escola Brilhante que traz à Póvoa de Varzim o Projecto “Mundo Brilhante”, um conjunto de actividades lúdico-pedagógicas à volta do tema das alterações climáticas e a sua relação com a saúde. Assim, às 17h00, na Biblioteca Municipal, alunos da EB 2/3 Dr. Flávio Gonçalves vão ter a oportunidade de participar em actividades de sensibilização, que incluem a leitura animada de contos e discussão sobre os mesmos e ainda um workshop. O público em geral é também convidado a conhecer este projecto, desta feita às 21h00, no Diana Bar, através de uma palestra sobre o tema, uma acção de formação e também um workshop.

Para além do programa da Semana do Ambiente, Manuel Angélico sublinhou ainda as campanhas de sensibilização que consistem na distribuição de folhetos informativos junto com as contas da água, avançando que durante o mês de Junho será distribuído um folheto informativo sobre a correcta deposição de dejectos caninos. Com isto, e como explicou o Vereador, pretende-se, em primeiro lugar, chamar a atenção para uma problemática que afecta não só a limpeza dos espaços públicos mas também a saúde pública, para depois actuar em concordância com o Regulamento Municipal de Resíduos Sólidos Urbanos e Higiene Pública.
Ainda no campo da deposição dos resíduos, Manuel Angélico relembrou que um cidadão que disponha de um contentor a menos de 350 metros da residência é obrigado a colocar o saco do lixo dentre desse contentor. Avançou ainda que já foi aprovada uma candidatura para colocar novos contentores, enterrados, desde a Estrada Nacional 13 até junto da marginal, para assim acabar com os sacos de lixo na rua. O investimento ronda os dois milhões e 300 mil euros, 50% dos quais comparticipados por fundos europeus.
Na conferência de apresentação foi ainda possível saber que na Póvoa de Varzim as toneladas de resíduos colocados na reciclagem têm vindo a aumentar, se bem que é possível ainda uma melhoria na recolha de certos resíduos recicláveis, como os têxteis. Manuel Angélico explicou que os resíduos têxteis não devem ser colocados junto com o lixo comum, devendo, antes, ser encaminhados para o Ecocentro. Sobre os resíduos de grande dimensão, vulgo “Monstros”, explicou que a recolha destes é gratuita, desde que a população respeite os dias estipulados para o efeito, caso contrário, a recolha terá que ser paga. 
No portal municipal pode ficar a conhecer, mais pormenorizadamente, as actividades da Semana do Ambiente, assim como aquelas já dinamizadas anteriormente e que se encontram ainda em curso.

Artigo AnteriorPróximo Artigo