Arouca, Economia, Educação

Assinados protocolos de financiamento para pólos escolares – Arouca

A Alfândega do Porto acolheu, no passado dia 7 de Maio, a cerimónia de assinatura dos protocolos entre o Governo e 56 municípios, para construção dos novos centros escolares da região Norte. No total, foram contratualizados 126 projectos, dois dos quais no concelho de Arouca (nas freguesias de Fermêdo e Burgo), que beneficiarão de dotação financeira do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN). O presidente da Câmara Municipal de Arouca esteve presente no acto público, que foi presidido pelo Primeiro-Ministro José Sócrates.
 
O centro escolar do Burgo terá nove salas equipadas para o Primeiro Ciclo, duas para o pré-escolar e uma sala polivalente, para além de espaços de biblioteca, cozinha, refeitório, pavilhão desportivo, recinto de jogos e gabinetes de apoio. Os espaços exteriores serão também cuidados, por forma a permitirem áreas de lazer e recreio. Este centro escolar estará preparado para acolher cerca de 300 alunos em meados de Outubro de 2010.
 
Em Fermêdo, o pólo escolar será constituído por seis salas de Primeiro Ciclo, três para o pré-escolar e uma sala polivalente. Terá também espaços de cozinha, refeitório, biblioteca e gabinetes de apoio. No exterior, contará com campo de jogos e vários espaços de recreio, esperando poder acolher 230 alunos a partir de Setembro de 2009.
 
Ambos os edifícios terão, assim, as condições ideais para garantirem uma escola a tempo inteiro. O investimento total em Arouca rondará os 5,5 milhões de euros (cerca de 2,3 milhões de euros no pólo de Fermêdo e cerca de 3 milhões no Burgo).
 
No total da região Norte foram contratualizados 126 projectos com 56 municípios, para um investimento de 142 milhões de euros, co-financiados em 99,5 milhões de euros, ao abrigo do concurso «Requalificação da rede escolar do 1º ciclo do ensino básico e de educação pré-escolar», lançado pelo ON.2 – O Novo Norte (Programa Operacional Regional do Norte 2007/2013).
 
Destes projectos, 59 centros escolares serão construídos de raiz e 67 serão requalificados/ampliados, o que permitirá um aumento de 1.410 salas para 33.625 alunos, em toda a região Norte, a grande maioria no Primeiro Ciclo do Ensino Básico.

Artigo AnteriorPróximo Artigo