Cultura, Póvoa de Varzim

Rates regressa ao século XVI com a Feira Renascentista, de 9 a 11 de Maio – P. Varzim

  De 9 a 11 de Maio, São Pedro de Rates viaja no tempo, até aos anos de 1500, com a realização de mais uma Feira Renascentista.
            No Largo da Praça, em pleno centro histórico, mais de 20 artesãos vindos de várias partes do país vão produzir, ao vivo, peças relacionadas com a época que vai ser recriada, uma taberna servirá petiscos típicos e um cortejo, por várias ruas da vila, vai recordar o regresso de Tomé de Sousa a Rates, depois de anos de ausência na Índia e no Brasil, onde fundou a cidade de São Salvador da Baía e foi o primeiro governador do país.
            Durante estes três dias, Rates vai reviver o século XVI, com dezenas de figurantes, devidamente trajados, música da época e um jantar, no sábado, que será servido em pleno centro histórico (se o tempo o permitir) e no qual os participantes envergarão também trajes históricos.
              O dia 9 será dedicado, em especial, às escolas, que vão visitar a Feira Renascentista de Rates, estando esta também aberta ao público em geral. Durante estes dias, estará assegurada a realização de actividades artesanais ao vivo, bem como animação com música e recriação do ambiente e personagens de meados do século XVI, nomeadamente a família e comitiva de Tomé de Sousa, filho do último prior de Rates, 1.º governador do Brasil e 1.º Comendador de Rates e nascido nesta vila em 1503.
O jantar de dia 10 está aberto à participação dos interessados, que deverão envergar trajos da época. A inscrição, que inclui o aluguer do traje, pode ser realizada pelo telefone do museu: 252 090002  – até o preenchimento das vagas disponíveis – e o seu custo é de 20 “moedas”.  
A Feira Renascentista de São Pedro de Rates é uma organização da Câmara Municipal, através do Museu Municipal, com o apoio do Turismo de Portugal, da Junta de Freguesia de S. Pedro de Rates e do Rancho Folclórico desta freguesia.        

Artigo AnteriorPróximo Artigo