Santo Tirso, Sociedade

Câmara homenageou dez personalidades e três instituições do concelho – Santo Tirso

Foi num salão nobre lotado que decorreu hoje a Sessão Solene Comemorativa do “25 de Abril” organizada pela Câmara Municipal de Santo Tirso e que serviu também para agraciar dez personalidades e três instituições do concelho com a atribuição de medalhas de mérito municipal. 

Na abertura da sessão, Castro Fernandes, o presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso começou por lembrar que as portas do salão nobre dos Paços do Concelho se abriam uma vez mais “para acolher todos quantos querem, deste modo, celebrar esta data histórica”, lembrando que “não podemos, nem devemos esquecer Abril”.  

Depois, o Autarca não deixou de lembrar “o grupo de homens que, tomando nas suas mãos o desígnio da mudança” soube interpretar “a vontade de uma maioria imensa”, permitindo que dessa forma fosse possível “percorrer os caminhos da democracia e da liberdade”. 

“Continua a fazer todo o sentido comemorar esta data”, adiantou o presidente da edilidade tirsense, não só porque, segundo ele, “reaviva a memória dos mais velhos” mas também porque “ajuda os nascidos no pós 25 de Abril a relevarem o significado de palavras como liberdade, tolerância e solidariedade”. 

E em jeito de conclusão, Castro Fernandes referiu que a melhor forma de celebrar os 34 anos do “25 de Abril” em Santo Tirso “é homenagear homens e mulheres da nossa terra” que se distinguiram e distinguem nas mais diferentes áreas e “que elevam com a sua prática quotidiana o nome do município, lembrando que “a atribuição das medalhas de mérito e honra concelhia” é estar a “destacar num acto público de reconhecimento” a vida de eleição “de ilustres conterrâneos que connosco vivem no dia-a-dia”.

Procedeu-se então à entrega das seguintes medalhas de mérito municipal: 

MEDALHA DE HONRA DO CONCELHO – dr. EDGAR TOMÉ FELIX BOTELHO MONIZ

O dr. Edgar Botelho Moniz nasceu em Belas, Concelho de Sintra, na véspera de Natal de 1916, filho de um açoriano e de uma sintrense. Depois de ter percorrido, fruto da actividade profissional do pai, meio Portugal, o jovem Edgar vem viver para Santo Tirso, ingressando em 1934 na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto. Foi em Santo Tirso que se preencheu a vida do médico, logo após a conclusão do curso de Medicina em 1940. Médico Escolar, de 1941 a 1974; Médico Patologista e depois Director do Laboratório do Hospital Senhora da Oliveira, de 1946 a 1980. A partir de 1946, quando criou o seu próprio Laboratório de Análises Clínicas, assumiu as funções de Director Técnico do Laboratório, cargo que aliás ainda hoje mantém e exerce, sendo, por isso, o decano dos Patologistas portugueses. 

MEDALHA DE MÉRITO MUNICIPAL – Prof. Doutora ELIANA MARIA BARBOSA SOUTO

Eliana Souto, investigadora, nasceu a sete de Maio de 1976 na freguesia de Água Longa, concelho de Santo Tirso. Iniciou, em 1982, os seus estudos no Colégio de Lourdes, em Santa Cristina do Couto, Santo Tirso. De seguida, concluiu o 3º Ciclo do Ensino Básico no Colégio de Santa Teresa de Jesus, em Santo Tirso, tendo efectuado o secundário na Escola Secundária de D. Dinis. Conclui, em 2000, a Licenciatura em Ciências Farmacêuticas na Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra, tendo finalizado o Mestrado em Tecnologia Farmacêutica, na Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto. Em 2005 conclui o Doutoramento em Nanotecnologia, Biofarmácia e Biotecnologia Farmacêutica na Universidade Livre de Berlim, Alemanha. Em 2007 recebeu a “Medalha de Honra L´Oréal Portugal para as Mulheres na Ciência 2007” – atribuída pela L’Oréal Portugal, com o apoio da Comissão Nacional da UNESCO e da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) – pelo seu projecto desenvolvido  na  área  dos fármacos, procurando uma maior eficácia na aplicação dos mesmos, contribuindo para diminuir os seus efeitos secundários no organismo. Actualmente é investigadora e docente na Faculdade de Ciências da Saúde da Universidade Fernando Pessoa, no Porto. 

MEDALHA DE MÉRITO MUNICIPAL  – Dr. JOAQUIM ANSELMO ALVES CORREIA DE SOUSA

Joaquim Anselmo Alves Correia de Sousa nasceu a 26 de Março de 1941 em Cedofeita – Porto e reside actualmente em Santo Tirso. Fez o Curso Liceal no Liceu Nacional de Guimarães, aprovando no exame de admissão à Faculdade de Medicina da Universidade do Porto em 1961. Em 1970 realizou o Internato Geral com 12 meses de duração nos serviços de Medicina Interna, Cirurgia e Pediatria. Concluiu no dia 26 de Janeiro de 1971 a Licenciatura em Medicina e Cirurgia pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto. Em 1973 e 74 obtém na Faculdade de Medicina da Universidade de Navarra, respectivamente, os títulos de Licenciado em Medicina e Cirurgia, e de Especialidade de Medicina Interna.  Em 1976 a “ Escola Nacional de Medicina de Trabalho – Espanha, concede-lhe o Diploma de Especialista de Medicina do Trabalho. Especializou-se em Oncologia Médica pela Ordem dos Médicos – Portugal, em 6 de Março de 1987 e em 02 de Setembro especializou-se em Medicina Interna. A 1 de Setembro de 1990, ingressou no Serviço de Medicina Interna do Hospital Distrital de Santo Tirso, tendo assumido em 20 de Outubro de 1993, a responsabilidade assistencial, como responsável pela Unidade de Oncologia, na consulta externa de Follow-Up, no Hospital de Dia, Urgência e Internamento. A partir de 2002, esta unidade passou a atender em média por ano 140 novos portadores das seguintes neoplasias: cancro da mama, estômago, cólon, recto e tiróide, sendo a patologia mamária a que mais se destacou. 
 
 

MEDALHA DE MÉRITO MUNICIPAL (a título póstumo) – Sr. ABÍLIO JORGE LEITE ALMEIDA COSTA

O Senhor Abílio Jorge Leite Almeida Costa nasceu a 13 de Junho de 1941 na Freguesia de S. Martinho do Campo, Concelho de Santo Tirso. Frequentou a escola primária de S. Martinho do Campo, tendo de seguida frequentado o Curso Geral do Comércio na Escola Comercial e Industrial de Guimarães. Foi empresário de profissão e exerceu as funções de Deputado da Assembleia da República eleito pelo círculo eleitoral do Porto, enquanto inscrito na lista PSD. Ao longo da sua vida, teve um percurso político marcado pelo exercício de cargos de notoriedade no qual se empenhou e dedicou, revelando-se nos seguintes desempenhos: Membro da Assembleia Municipal de Santo Tirso (1979/1982); Vereador da Câmara Municipal de Santo Tirso (1982/1989 e 1997/2001); Secretário da Comissão Política Concelhia do PSD de Santo Tirso (1982/1983); Vice-presidente da Comissão Política Concelhia do PSD de Santo Tirso (1984/1985); Presidente da Comissão Política Concelhia do PSD de Santo Tirso (1987/1997); Director Financeiro da Comissão Política Distrital do PSD do Porto (1991/2002); Membro do Conselho Nacional do PSD (1996/1998-1998/2002) e Deputado da Assembleia da República na IX Legislatura. 

MEDALHA DE MÉRITO MUNICIPAL – Dr. BERNARDINO ZEFERINO DE CASTRO NETO

O dr. Bernardino Zeferino de Castro Neto, natural da freguesia de Burgães, concelho de Santo Tirso, nasceu a 26 de Agosto de 1942. Frequentou a Escola Primária de Burgães, tendo mais tarde completado o Curso Comercial na Escola Comercial e Industrial de Santo Tirso e ainda, finalizado, em simultâneo, o Curso de Contabilidade no Instituto Comercial do Porto e o Curso do Magistério Primário do Porto. Foi dirigente local da JOC (Juventude Operária Católica) e Professor Primário em Campanhã (Porto). Foi também co-fundador do NUT (Núcleo Universitário Tirsense), Associação Cultural e de Intervenção Cívica. Licenciou-se em Economia pela Faculdade de Economia do Porto. Mais tarde, foi Professor de Pedagogia e de Metodologia. Foi também Professor do Ensino Secundário nas Escolas Secundárias de Oliveira Martins, no Porto, Francisco de Holanda, em Guimarães, e, nos últimos vinte e cinco anos, desempenhou, entre outros, o cargo de Vice-Presidente do Conselho Directivo da Escola Secundária Tomaz Pelayo. Durante vários anos foi Deputado Independente na Assembleia Municipal de Santo Tirso, eleito nas listas da CDU.  

MEDALHA DE MÉRITO MUNICIPAL – ASSOCIAÇÃO RECREATIVA DE S. MARTINHO DO CAMPO

A Associação Recreativa de S. Martinho do Campo foi fundada em 1958, fruto da conjugação de esforços de dedicados Campenses dos quais é justo salientar os Senhores Comendador Abílio Ferreira de Oliveira, Fernando Pinheiro da Rocha, Adelino Pereira Rodrigues e Jaime Pereira Rodrigues. A sua actividade orientava-se para a Cultura e Recreio, merecendo saliência a criação do Rancho Recreativo de S. Martinho do Campo e a Sede Social, própria, onde eram desenvolvidas outras actividades de carácter Cultural e Recreativo. Em 1 de Março de 1965 pelo impulso dos Senhores Adão Torcato Ribeiro de Almeida, José Narciso Martins da Costa, José Machado de Almeida, José Albino Machado Lima, João de Sousa Ribeiro e Abílio Jorge Leite Almeida Costa, a Associação alterou a sua personalidade jurídica e estatutária, incorporando às anteriores actividades a prática desportiva, muito saudada na época pelos seus associados. Nos dias de hoje, a Associação é constituída por 400 sócios, tendo 140 atletas inscritos a praticar as várias modalidades desportivas que oferece, de entre as quais se destacam: Futsal feminino; Futebol sénior, Futebol júnior; Futebol juvenil; Futebol iniciados; Futebol infantis. Trabalhando sempre para o bem da comunidade cultural, social e desportiva daquela região e fruto do espírito dinâmico e impulsionador dos seus dirigentes, a Associação tem em curso a criação da “Escolinha de Futebol.” Pela comemoração dos 50 anos desta Associação. 
 
 
 

MEDALHA DE MÉRITO MUNICIPAL – Sr. EMÍLIO CASTELAR OLIVEIRA

O Senhor Emílio Castelar Oliveira nasceu em 13 de Agosto de 1945 e vive em Santo Tirso. Frequentou o antigo curso técnico-industrial em Guimarães, tendo desempenhado funções de técnico de vendas em duas empresas. Enquanto corpo activo (bombeiro) tem o curso básico de comandos, o curso prático de protecção contra incêndios, o curso de comandos operacionais. Foi director da A H dos Bombeiros Voluntários Tirsenses entre 1981 e 1991, tendo sido um dos impulsionadores da construção do quartel. Entre 1991 e 2006 foi Comandante de Bombeiros e foi também responsável pela formação no corpo de bombeiros. Já foi distinguido por diversas vezes pela Liga dos Bombeiros Portugueses, tendo recebido em 2006 um Louvor Público do Comando Distrital de Operações de Socorro. Emílio castelar Oliveira tem pautado a sua vida pela permanente disponibilidade para tarefas de interesse público, sendo de realçar o abnegado empenho e inexcedível dedicação que colocou no comando da Assoc. Humanit. dos Bombeiros Voluntários Tirsenses.  

MEDALHA DE MÉRITO CULTURAL (a título póstumo) – Sr. JOSÉ LUIZ TEIXEIRA COELHO DE MELO

José Luiz Teixeira Coelho de Melo nasceu a 21 de Novembro de 1923, em Santo Tirso. Fez a instrução primária na Escola Conde S. Bento. Matriculou-se no Liceu D. Diniz, Santo Tirso, onde frequentou o 1º e 2º anos, tendo depois frequentado os 3º e 4º anos no Liceu Rodrigues de Freitas, no Porto. Concluiu o 5º ano do ensino secundário no Liceu Sá de Miranda, em Braga. Na Escola Comercial do Porto fez o Curso de Contabilidade. Iniciou a sua actividade profissional com o seu tio paterno, José Maria Teixeira de Melo, numa empresa têxtil de retorcedura de fios, em S. Roque da Lameira, tendo-se dedicado depois à indústria de passamanarias na sua empresa “Teixeira de Melo e Cª. Lda.. Dedicou os seus tempos livres aos estudos sobre a sua ascendência, percorrendo arquivos e bibliotecas da região, vindo a publicar as seguintes obras: “A descendência dos Morgados e Senhores da Falperra”; “Joaquim Bento Correia de Miranda e Sá: Sargento-Mor das Ordenanças do concelho de Refojos de Riba d’Ave, seus Coutos e Honras: sua ascendência e descendência” e em co-autoria com a sua sobrinha Maria Amélia Pinheiro Teixeira de Melo a obra “Da Origem de algumas famílias de Santo Tirso e sua descendência”.  

MEDALHA DE MÉRITO CULTURAL – Sr. IVO MARTINS

Ivo Martins, nasceu em Raimonda, Paços de Ferreira, no ano de 1921. Reside em Santo Tirso desde 1945, tendo desenvolvido diversas actividades relacionadas com projectos de construção civil e máquinas. Paralelamente dedicou-se ao desenho e à pintura, tendo participado em algumas exposições colectivas. Realizou uma exposição individual de caricaturas em 1956. Executou também vários trabalhos no domínio da medalhística, artes gráficas, cenografia, design têxtil e ilustração. Ivo Martins, na exposição organizada pelo Pelouro da Cultura da Câmara Municipal, realizada em Março de 1994, no Museu Municipal Abade Pedrosa, intitulada “Caricaturas”, melhor que ninguém, “retratou” singularidades de muitas pessoas de então (1946-1964), com traço firme, cheio de espírito, demonstrando ser também um profundo conhecedor da personalidade dos seus “modelos”, dando-nos uma prova do seu talento natural e da sua procura de aperfeiçoamento artístico. O catálogo editado na altura da exposição conserva-se como documento único na arte da caricatura.  

MEDALHA DE MÉRITO DESPORTIVO – Atleta SARA ISABEL FONSECA MOREIRA

A atleta Sara Moreira nasceu em Roriz em 1985. Foi atleta do Núcleo de Atletismo de Roriz, de 1994 a 2001; do Futebol Clube do Porto, de 2001 a 2003 e do Grupo Desportivo do Estreito, de 2003 a 2007. Venceu várias provas desportivas a nível Nacional, das quais se destacam as seguintes: 1ª Classificada no Olímpico Jovem – Leiria, nos 3000 Metros, em  2001; 1ª Classificada no Campeonato Nacional de Juvenis – Pista, nos 1500 Metros e nos 3000 Metros, em 2002; 1ª Classificada no Campeonato Nacional de Juniores – Pista Coberta,  nos 3000 Metros, em 2004;  Em 2007 participou em várias provas importantes, tendo obtido os seguintes resultados: 1ª Classificada no Campeonato Nacional de Sub/23 – Pista Coberta, nos 3000 Metros; 1ª Classificada no Campeonato de Portugal – Pista coberta, nos 3000 Metros; 1ª Classificada no Campeonato Nacional  Sub/23 – Estrada; 1ª Classificada no Campeonato Nacional  Sub/23 – Pista,  nos 3000 Metros Obstáculos.; 1ª Classificada no Campeonato de Portugal – Pista, nos 3000 Metros Obstáculos. Já em 2007 ficou classificada em 3º lugar no Campeonato da Europa de Sub/23 – Pista, nos 3000 Metros, em Debrecen – Hungria; em 4º lugar na Taça da Europa de Pista 1ª Liga, nos 3000 Metros Obst., em Milão – Itália; em 4º lugar nas Universíadas, nos 3000 Metros Obst., em Bangkok – Tailândia e finalmente, ainda em 2007, obteve a 13ª Classificação no Campeonato do Mundo de Pista, nos 3000 Metros Obst., em Osaca – Japão 

MEDALHA DE MÉRITO DESPORTIVO – Atleta RICARDO FILIPE VILAS ALVES SILVA SANTOS

Ricardo Filipe Vilas Alves Silva Santos, residente na Freguesia de Santo Tirso, é atleta nas modalidades de Trampolim e Duplo Mini Trampolim no clube Trampolins de Santo Tirso. Conseguiu vários títulos em provas desportivas, dos quais se destacam os seguintes: Campeão Nacional Juvenil de Duplo-Mini-Trampolim e Trampolim por Equipas em 2006,

Campeão Nacional de Trampolim, Escalão Juniores B, 1º classificado em Duplo-Mini-Trampolin, Escalão Júnior, na Prova Internacional Loulé Cup 2007. Participou nos Jogos Mundiais de 2007, realizados no Canadá.  

MEDALHA DE MÉRITO DESPORTIVO – FUTEBOL CLUBE DE REBORDÕES

O Futebol Clube de Rebordões, sediado na freguesia de Rebordões, refundado em 28 de Fevereiro de 1983, iniciou a sua actividade desportiva nas modalidades de Futebol de Salão e Atletismo entre os anos de 83 e 87 participando em torneios e provas então realizadas. Após a aquisição e preparação de um terreno com as condições mínimas aceitáveis para a prática da modalidade de futebol, com o apoio da Câmara Municipal de Santo Tirso, o clube inicia uma nova etapa dando oportunidade aos jovens, criando uma equipa e entrando pela primeira vez no campeonato concelhio de futebol amador de juniores na época de 94/95. Durante as quatro épocas seguintes o Futebol Clube de Rebordões com as equipas de seniores e juniores nos campeonatos concelhios conseguiu um palmarés invejável por parte da equipa de juniores com a conquista de tudo o que havia para vencer (2 campeonatos, 3 taças, e 2 super taça). Em 2006 é criada a escolinha de futebol “Os Traquinas F.C.R”, já com cerca de 35 miúdos participando em vários colóquios desportivos realizados por vários concelhos. Para dar seguimento a este trabalho o Futebol Clube de Rebordões inicia a modalidade de Futsal com a inscrição pela primeira equipa de Juvenis nas competições concelhias, estando a perspectivar a inclusão de mais dois escalões, nomeadamente iniciados e Juniores para a próxima época de 2008/2009. 

MEDALHA DE MÉRITO DESPORTIVA – ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA DE GUIMAREI

A Associação Desportiva de Guimarei, fundada em 22 de Março de 1983, sediada na freguesia de Guimarei, completou 25 anos de actividade. Sendo a única colectividade desportiva existente nesta freguesia, vem-se destacando pela realização de múltiplas actividades, tanto no âmbito social com a organização de passeios e convívios, como na vertente desportiva com a organização de torneios e provas nas modalidades de atletismo, ténis de mesa e futebol.  Desempenhando ainda um papel inestimável na integração da própria comunidade, é na participação no Campeonato Concelhio de Futebol Amador que se destaca, obtendo diversos títulos: Campeão 1ª Divisão, 4 Taças Concelhias, 3 Super-Taças, 2 Taças de Disciplina e 2 Taças das Taças nas competições intermunicipais da Federação de Futebol Popular do Norte.  

Artigo AnteriorPróximo Artigo