Desporto, Oliveira de Azeméis

Projecto “Boccia para idosos” é experiência a repetir – Oliveira de Azeméis

A primeira edição do programa “Boccia para Idosos”, promovido pela Câmara de Oliveira de Azeméis, resultou numa experiência que a autarquia deverá repetir no próximo ano.

“A iniciativa foi um êxito, à qual aderiram 13 instituições particulares de solidariedade social”, afirma o vereador Albino Martins, responsável pelo pelouro do desporto.

“A adesão das entidades suscitou já o interesse de outras instituições que nos manifestaram a sua vontade em participarem neste evento e noutras acções”, acrescenta o vereador, sublinhando que o objectivo do projecto é “fazer com que a população pratique desporto todos os dias”.

O Boccia – jogo de precisão destinado a pessoas com paralisia cerebral e com doenças neuro degenerativas – é uma das modalidades que integram os Jogos Desportivos do Município de Oliveira de Azeméis (“Azemeíadas 2008”).

O objectivo da modalidade – que pode ser jogada individual ou colectivamente – é aproximar o maior número de bolas de cor (vermelha ou azul) da bola alvo.

Nos últimos anos a prática tem registado uma adesão crescente no concelho depois da realização de vários estágios da selecção nacional no município de preparação para os Jogos Paralímpicos de Atenas 2004 e do Campeonato da Europa, em 2005.

Oliveira de Azeméis acolheu ainda, em 2005, a fase final do campeonato nacional, o campeonato de Portugal (2004) e o campeonato nacional, em 2003.

“Com essas acções suscitámos algum interesse pelo Boccia e, a partir desse momento, tem aparecido uma vontade generalizada pela modalidade”, refere Albino Martins.

“Queremos divulgar este desporto porque o que pretendemos é generalizar a prática desportiva, levando as pessoas a participarem, evitando que fiquem agarradas ao sofá a ver o desporto pela televisão”, concretiza o vereador.

O projecto “Boccia para Idosos” destinou-se à população sénior englobada no programa “Põe-te a Mexer – projecto Viver melhor”.

O objectivo da acção foi aumentar e melhorar a actividade física e mental dos mais idosos, aproveitando as vantagens que este jogo apresenta para populações com menor índice de mobilidade.

O Boccia foi introduzido em Portugal em 1983 aquando da realização do primeiro curso de Desporto para Deficientes com Paralisia Cerebral. No ano seguinte integrou o calendário competitivo do Campeonato Nacional para a paralisia Cerebral como modalidade de demonstração.

Em 1988 foi reconhecido como modalidade Paralímpica sendo hoje uma das práticas com maior número de praticantes no que se refere à população com Paralisia Cerebral.

No plano competitivo a modalidade é jogada ao nível do Campeonato Nacional (por zonas), Fase Final e Campeonato de Portugal. A nível internacional destaque para os Campeonatos da Europa e do Mundo, a Taça do Mundo e os Jogos Paralímpicos.

Artigo AnteriorPróximo Artigo