Arouca, Sociedade

Arouca conquista Prémio Geoconservação 2008

O Prémio Geoconservação 2008 foi atribuído à Câmara de Arouca – entidade dinamizadora do futuro geoparque – pelo grupo português da ProGEO (Associação Europeia para a Conservação do Património Geológico).

“Este prémio é, para nós, motivo de orgulho e satisfação, sendo o corolário de um trabalho que temos vindo a desenvolver há sensivelmente dois anos, no âmbito do projecto Geoparque Arouca”, afirmou o presidente da autarquia, José Artur Neves.

O prémio – atribuído anualmente a autarquias que se distinguem na implementação de estratégias de conservação e valorização do património geológico – foi concedido em 2007 à Associação de Municípios Natureza e Tejo.

“O ano de 2008 é o grande ano para nós. O prémio da ProGEO é, seguramente, uma alavanca para que a candidatura do Geoparque Arouca à rede europeia seja aprovado, como esperamos, ainda este ano”, acrescentou o autarca.

O Prémio Geoconservação 2008 mereceu unanimidade por parte dos membros do júri.

Segundo o grupo português da ProGEO, a distinção tem a ver com “o carácter inovador, relevância científico-pedagógica e relevância para o público em geral do projecto candidato de identificação, conservação e valorização do património geológico da região, intitulado “Geoparque Arouca”“.

A cerimónia de entrega do prémio decorre a 22 Abril – Dia Nacional do Património Geológico e Dia Mundial da Terra – a partir da 10:00, no salão nobre da autarquia, seguindo-se uma visita ao Centro de Interpretação Geológica de Canelas.

O júri foi constituído por Diamantino Pereira (Universidade do Minho) e Narciso Ferreira (Laboratório Nacional de Energia e Geologia) – ambos em representação da ProGEO-Portugal – Fernando Noronha (Universidade do Porto), da Associação Portuguesa de Geólogos, Jorge Pulido Valente (Câmara de Mértola), da Associação Nacional de Municípios Portugueses, Helena Fonseca, do Instituto da Conservação da Natureza e da Biodiversidade, e Gonçalo Pereira, que representou a National Geographic-Portugal.

ProGEO é o nome da Associação Europeia para a Conservação do Património Geológico, criada em 1992.

O seu objectivo é incentivar a conservação do património geológico (geoconservação) e a protecção de sítios e paisagens de interesse geológico (os chamados “geossítios”) na Europa.

O grupo português da ProGEO foi criado em 2000.

O Geoparque Arouca irá corresponder à área administrativa do concelho, reconhecido pelo património geológico.

As trilobites de Canelas e as Pedras Parideiras são duas manifestações geológicas com relevância internacional.

A missão do projecto é integrar o potencial científico, didáctico e turístico deste património, com 34 geossítios referenciados.

Artigo AnteriorPróximo Artigo