Sociedade

Juventude de Sanguedo acolhe encontro de coros – Santa Maria da Feira

O auditório da Juventude de Sanguedo recebe no próximo sábado um encontro de coros para o qual essa colectividade de Santa Maria da Feira convidou as formações corais de duas instituições: a Associação Cultural de Salreu e Associação de Jovens da Branca (JOBRA).

Com entrada livre, o espectáculo está marcado para as 20:30 e começa por apresentar o Coral de Associação Cultural de Salreu, que, desde 1975, dá continuidade ao trabalho iniciado pelo Coro Paroquial de S. Martinho de Salreu, formado em Maio de 1966. Hoje, o grupo integra 24 coralistas e interpreta obras de diversos estilos, embora evidenciando certa preferência por canções de compositores portugueses, cantadas “a capella” ou acompanhadas pelos 12 músicos da tuna da colectividade. Canções de Zeca Afonso e Chico Buarque são apenas algumas das que o coro dará a ouvir no sábado em Sanguedo.

Ao palco sobe depois o coral da JOBRA, que foi fundado em Dezembro de 1969 e é hoje constituído por cerca de 40 elementos, na sua maioria habitantes da vila da Branca. Desde 2002, a secção coral da Associação de Jovens da Branca integra também o sexteto “a capella” baptizado como “Projecto Vocal”, cujos cantores irão também actuar em Sanguedo, para onde anunciam temas como “Pescador da Barca Bela”, “Senhora do Almurtão” e “Olhos negros”.

O Encontro de Coros encerra com a actuação dos cantores da Juventude de Sanguedo, que organizou o primeiro evento do género já em 1998. Hoje, o Coro da colectividade é constituído por 40 elementos e inclui no seu repertório temas populares e eruditos interpretados a três ou quatro vozes. No sábado, deverá levar ao auditório da sua sede canções como “Luar do Sertão”, “Va Pensiero” e “O sole mio”.

Artigo AnteriorPróximo Artigo