Educação, Oliveira de Azeméis

Escola de Oliveira de Azeméis com duas equipas no “nacional” de robótica

A Escola Secundária Soares Basto, de Oliveira de Azeméis, está a participar na 8ª edição do Festival Nacional de Robótica, a decorrer na Universidade de Aveiro (UA) até ao próximo domingo.

“Temos alunos do Curso Tecnológico e, na sua maioria, vão participar pela primeira vez”, disse Luís Veloso, um dos responsáveis da área de electrotecnia.

O professor informou que as equipas oliveirenses “vão participar numa prova de busca e salvamento”.

A “Soares” Basto participa com a equipa “PIG GT”, constituída por Victor Oliveira (11º E) e por Pedro Oliveira (11º K) e com a equipa “WM – Warrior Machine”, que integra Pedro Vieira, Alexandre Marques e Richard Ramos, todos do 12º D.

“A nossa participação é para desmistificar a robótica, que muitas vezes é vista como um bicho de sete cabeças”, realçou Luís Veloso, que assinalou a crescente adesão dos alunos a esta área.

Pedro Vieira, um dos alunos participantes, afirmou que a postura dos oliveirenses não é competitiva.

“Cada vez que participamos, aprendemos mais”, disse o jovem, que revelou antever um futuro como engenheiro de electrónica.

O Festival Nacional de Robótica, que começou esta quarta-feira, decorre em simultâneo com a 13ª edição do Concurso Micro-Rato, competição robótica que se realiza desde 1995.

Até domingo são esperados nos pavilhões desportivos da UA e da EB 2/3 João Afonso de Aveiro, 180 equipas, num total de 670 participantes.

O certame funcionará como fase de pré-selecção para as equipas nacionais que irão participar no “Robocup”, competição a nível mundial, que decorrerá de 13 a 20 de Julho, em Suzhouna, China.

O festival tem como objectivo a promoção da ciência e da tecnologia, junto dos jovens estudantes dos vários graus de ensino e do público em geral.

Trata-se de uma organização dos departamentos de Electrónica, Telecomunicações e Informática e Engenharia Mecânica da UA, Instituto de Engenharia Electrónica e Telemática da UA e Centro de Ciência Viva de Aveiro. 

Artigo AnteriorPróximo Artigo