Desporto, Vale de Cambra

Enduro «coloriu» cidade de Vale de Cambra

A organização da etapa portuguesa do «mundial» de Enduro fez um balanço positivo da competição, realizada pela primeira vez em Vale de Cambra.

O director da prova, António Carmo, não tem dúvidas em considerar que «o evento foi um grande momento desportivo» ao nível das principais competições internacionais.

«A chuva que caiu em alguns momentos da competição acabou por ser o único contratempo que tivemos. De resto, o balanço é francamente positivo», disse António Carmo, que é também presidente do Sport Clube de Cambra.

«Estou certo que é com actividades como esta que vamos sedimentando a nossa afirmação. A prova contribui, de facto, para que o concelho de Vale de Cambra seja no futuro conhecido não só pela sua vocação industrial, mas também pelo seu desenvolvimento turístico», disse à EDV Informação o presidente da Câmara Municipal, José Bastos.

«Vale de Cambra foi por dois dias o centro do mundo do Enduro», acrescentou o autarca.

Em termos desportivos, no primeiro dia, o italiano Simone Albergoni (Yamaha) foi o mais rápido na classe mais baixa. Na «E2», dominou o francês Jonny Aubert (Yamaha). Na «E3», a vitória sorriu ao finlandês Samuli (KTM). Na categoria júnior, venceu o francês Marc Bourgeois (HVA).

No segundo dia de competição, o espanhol Ivan Cervantes (KTM) liderou na «E1». O finlandês Juha Salminen (KTM) venceu na «E2», enquanto o francês Christophe Nambotin (Gas-Gas) ganhou a «E3». Na categoria júnior, o primeiro posto pertenceu ao italiano Thomas Oldrati (KTM).

A segunda etapa da Maxxis Fim World Enduro Championship – Grande Prémio Polisport de Portugal – disputou-se ontem e hoje em Vale de Cambra, com milhares de espectadores a aplaudir os pilotos, designadamente nas três «zonas espectáculo»: Areias (S. Pedro de Castelões), Senhora da Graça (Codal) e Vale Pereiras (Vila Chã).

Os cerca de 100 pilotos participantes tiveram pela frente um trajecto de cerca de 60 quilómetros, percorrido por seis vezes ao longo dos dois dias.

O «paddock» foi montado no recinto da Feira, local muito apreciado pelo público.

A «máquina organizativa» – liderada pelo Sport Clube de Cambra e pela autarquia local – envolveu 150 pessoas.

A edição de 2008 do Campeonato Mundial de Enduro, que começou em Ostersund, na Suécia, prossegue no próximo fim-de-semana em Sitges (Espanha).

O «mundial» – com oito etapas – termina a 11 e 12 de Outubro, em Alès, França.

Artigo AnteriorPróximo Artigo