10/01/2014

Feira da Bôla e Exposição Canina animam cidade de Lamego

Por metronews - Seg Jun 18, 5:16 pm

A Av. Dr. Alfredo de Sousa, situada aos pés do Santuário dos Remédios, vai acolher a quarta edição da Feira da Bôla, uma oportunidade única para lamecenses e forasteiros saborearem uma das iguarias mais típicas da culinária duriense. A convite da Câmara Municipal de Lamego e da A.E HTDOURO – Associação de Empresários, catorze produtores locais vão promover, de 28 de junho a 1 de julho, esta maravilha da gastronomia portuguesa. Este ano, haverá uma promoção especial: quem comprar uma bôla pode adquirir uma garrafa de espumante Raposeira por apenas 3€.

O certame promete tornar-se mais uma vez um ponto de encontro para os profissionais do setor e para milhares de visitantes que gostam desta especialidade emblemática do concelho. Recorde-se que, em anteriores edições, a elevada procura conseguiu esgotar o respetivo stock em todos os stands de venda, constituindo um êxito organizativo.

Fiel a uma receita muito antiga e recheada ao gosto de cada um, as bôlas de presunto, bacalhau, frango, sardinha, salpicão, vinha-de-alhos ou de outros ingredientes, prometem deliciar o paladar dos consumidores. Tendo em conta a oferta da culinária duriense, a Bôla de Lamego assume-se como um dos exemplares mais genuínos e distintos do Portugal gastronómico.

A organização da IV Feira da Bôla tem o apoio institucional de diversas entidades: Escola de Hotelaria do Douro-Lamego, Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Lamego, Confraria Nacional do Espumante, Caves da Raposeira, Turismo do Douro, Turismo de Portugal, Programa Leader, Beira Douro, União Europeia-Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural, PRODER e Ministério da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território.

Mas antes, já no próximo domingo, 17 de junho, o novo Centro Multiusos de Lamego é, pela primeira vez, o palco escolhido para a Exposição Canina Nacional de Lamego, uma mostra na qual os animais de quatro patas serão submetidos a uma rigorosa avaliação por parte dos juízes do concurso.

Após o sucesso competitivo alcançado nas edições anteriores, a Câmara Municipal de Lamego, entidade organizadora, pretende continuar a consolidar este evento, tendo como objetivo acolher, num futuro próximo, uma exposição internacional.

O regulamento da 4ª Exposição Canina Nacional de Lamego permite a admissão de todas as raças e respetivas variedades oficialmente reconhecidas, registadas em Livros de Origens ou com Registos Iniciais. A garantir a direção técnica da prova estará mais uma vez o Clube Português de Canicultura (CPC).

A eleição do Campeão Nacional de Beleza vai ser o ponto alto deste evento que visa distinguir o exemplar que, cumulativamente, obtenha quatro certificados de aptidão e diversas qualificações de “excelente”.

A organização considera obrigatória a apresentação do boletim sanitário ou de prova de vacinação antirrábica dentro do prazo de validade, conforme determinado anualmente pela DGV, sendo também necessário comprovar a posse das vacinações contra as principais doenças infetocontagiosas da espécie efetuadas há mais de oito dias. Também é obrigatória a identificação de todos os cães por método eletrónico, através da aplicação subcutânea de um microchip no pescoço.

Deixar uma resposta